Menu

Top músicas

1Wesley safadão
Ar Condicionado
2Zé Neto e Cristiano
Amigo Taxista
3Simone e Simaria
Regime Fechado
4Naiara Azevedo e Ivete Sangalo
Avisa Que Eu Cheguei
5Bruno e Marrone
Na Conta da Loucura
6Anitta
Paradinha
7Luis Fonsi Feat. Daddy Yankee
Despacito
8João Neto e Frederico Feat. Mc Kevinho
Cê Acredita
9Victor e Léo
Senhorita
10Marília Mendonça
Amante Não Tem Lar

ESPORTES DF

Com Dimba, Tulio Guerreiro, Gauchinho e Reinaldo Gueldini, clubes de Brasília se movimentam para o Candangão

     Depois da realização do Arbitral do Candangão 2018 em um evento no Parque da Cidade de Brasília, na manhã da segunda-feira (16), os dirigentes de clubes de Brasília se movimentam para comporem suas comissões técnicas e elencos.

      Nomes conhecidos no futebol de Brasília e do Brasil dentro de campo, agora começam a trabalhar fora das quatro linhas. Exemplos disso é o ex-atacante Dimba, agora diretor executivo do Ceilândia Esporte Clube. O novo diretor do Gato Ceilândia promete montar um grande time para 2018. Bernardo, ex-Vasco da Gama, é um nome especulado no Ceilândia conforme o repórter Pedro Breganholi da Rádio DF10 de Brasília.

       Outro exemplo de jogador que brilhou nos gramados do Brasil é o ex-volante Túlio Guerreiro. Agora como Túlio Lustosa, o ex-jogador é o presidente do Sobradinho Esporte Clube. Ao seu lado, como coordenador de futebol, quem chega é o experiente treinador Reinaldo Gueldini. Ele estará numa nova função, para coordenar o futebol do Leão da Serra de Brasília.

        O Gama ainda não divulgou o nome de seu treinador. Conforme informações preliminares, a tendência que seja anunciado nas próximas horas.

        O Brasiliense Futebol Clube já está com seu elenco praticamente fechado. A sua nova casa deve ser confirmada no estádio Nacional Mané Garrincha. Seus reforços são Cicinho, ex-São Paulo, goleiro Bruno Fuso, Romarinho, Filipe Cirne e Badhuga vindos do Ceilândia. Retornam ao clube o meia Souza e os atacante Reinaldo e Nunes, além do zagueiro Preto Costa.

        O Paracatu FC do interior mineiro confirmou a contratação do técnico Gauchinho. O clube trabalha para repatriar jogadores que saíram da cidade de Paracatu, caso do goleiro Igor e de Schumacher. Quem chega também ao time do interior mineiro é Alisson Guerra e Ícaro.

         O Luziânia ainda não confirmou a contratação do técnico Jairo Araújo. O Santa Maria aguarda por uma chegada de um grupo de empresários que poderá gerir o clube. À princípio, Carlos Félix deve coordenar os trabalhos do time da cidade de Santa Maria.

         O Formosa Esporte estuda entre quatro nomes, quem será seu técnico para 2018. Segundo o presidente Cassiano Cacildo, as negociações estão adiantadas. O Paranoá será treinado por Élio Jr.

         O Real FC do presidente Luiz Felipe Belmonte, busca se instalar no campo do Cave, na cidade Satélite do Guará. O jovem clube candango manterá a base da equipe que disputou a série D numa parceria com o Luziânia. O treinador deve ser de fora de Brasília.

         O Candangão 2018 começará dia 20 de janeiro e seu encerramento está previsto para o dia 7 de abril do ano que se avizinha.

OS TREINADORES DOS CLUBES CANDANGOS PARA A COMPETIÇÃO DE 2018:

·         BRASILIENSE: Rafael Toledo;

·         BOLAMENSE: a ser definido. Possibilidade de ser Marquinhos Carioca;

·         CEILÂNDIA: confirmado Adelson de Almeida;

·         FORMOSA: Ainda não acertou com o técnico;

·         GAMA: A expectativa é que seja anunciado nas próximas horas.

·         LUZIÂNIA: em negociação com Jairo Araújo;

·         PARANOÁ: Élio Junior;

·         PARACATU: Gauchinho;

·         REAL FC: ainda não anunciou seu treinador;

·         SAMAMBAIA: Deve ser confirmado nas próximas horas. O profissional já atuou pelo futebol do Paraná;

·         SOBRADINHO: A diretoria trabalha para contratar seu treinador;

·         SANTA MARIA: Ainda não divulgou seu técnico.

 

 

Brasiliense apresenta meio campista que se destacou no Santos/AP

Sérgio Porto – Rádio DF10

     O Brasiliense Futebol Clube de Taguatinga continua se preparando para a temporada 2017. Os comandados do técnico Rafael Toledo disputarão o Candangão, Série D e vão optar se disputarão a Copa Verde ou a Copa do Brasil do ano que vem.

      Depois de anunciar o lateral direito Cicinho, ex-São Paulo e Real Madrid, o goleiro Bruno Fuso, além dos jogadores Badhuga, Filipe Cirne e Romarinho, todos vindos do Ceilândia Esporte Clube, a diretoria do jacaré brasiliense trouxe mais um reforço.

       Trata-se do meia e volante Rafinha, 27 anos, que estava no Santos do Amapá e teve passagens pelo Tuna Luso, do Pará. O jogador foi um dos artilheiros do campeonato amapaense, ao lado de Luquinhas, do próprio Brasiliense que estava emprestado ao time do Amapá.

        Outros dois jogadores também foram campeões com o Santos/AP, pois foram emprestados pelo Brasiliense. Foram o zagueiro Wallace e o lateral esquerdo Mário Henrique. O clube amapaense é comandado por Édson Porto, ele que já passou pelo futebol do Distrito Federal.

JOGADORES JÁ ESTÃO TREINANDO NO CT DO BRASILIENSE

       Os atletas que tem contrato em vigor com o jacaré brasiliense, mas que não estão atuando emprestados para outras equipes, já estão trabalhando no CT do clube no Setor de Clubes Sul de Brasília. Estão já treinando os goleiros Fernandes e Edmar Sucuri, o lateral Mário Henrique, os zagueiros Wallace e Badhuga, os meias Peninha e Luquinhas, Acerola e Lucas Paiva, além dos recém chegados Filipe Cirne e Badhuga. Já Romarinho está emprestado a Portuguesa de Desportos.        Aldo está atuando por empréstimo ao Fortaleza.

 

Real FC vence o Cruzeiro/DF e conquista título de juniores 2017. Ambos estarão na Copa São Paulo 2018

Crédito da foto: site do Real FC

 

     Na manhã do sábado (9), no estádio Ninho do Caracará, na cidade Satélite do Cruzeiro, no Distrito Federal, os donos da casa o Cruzeiro/DF, receberam o Real Futebol Clube na decisão do título da Campeonato Brasiliense de Juniores 2017. A partida terminou com a vitória de virada do Real FC, por 2 a 1. Como o Real havia vencido o jogo de ida por 4 a 0, a equipe comandada por Evilásio de Almeida conquistou o título dos Juniores do DF deste ano.

      Os comandados do técnico Pedro Granato, o Cruzeiro/DF abriu o placar através de Caio Carioca. O gol de empate do Real foi marcado por Victor. A virada do jovem time candango foi através de Keven, decretando a vitória por 2 a 1. O Real FC conquistou o título dos Juniores do DF de forma invicta.

       As duas equipes a partir de agora começam os preparativos para representarem o Distrito Federal na participação na Copa São de Juniores 2018, com início a partir dos primeiros dias de janeiro.

Candangão 2018: Começam as especulações para o ano que vem

Sérgio Porto – Rádio DF10

     Após o encerramento da reunião do Arbitral do Candangão 2018 na segunda-feira (5), a busca por informações dos clubes que disputarão a competição do Distrito Federal começaram. Os dirigentes de alguns clubes adiantaram algumas informações e expectativas na Rádio DF10, para o campeonato que promete ser um grande evento. Acompanhe o que disseram alguns dirigentes de clubes do DF:

·         BRASILIENSE: O diretor do clube, Paulo Henrique Lorenzo confirmou que Rafael Toledo será o treinador. Atletas que se destacaram no clube em 2017, caso de Edmar Sucuri, Patrick, Wallace, Preto Costa, Mario Henrique, Gabriel, Aldo, Souza, Reinaldo, Nunes entre outros, estarão se juntando à Badhuga, Romarinho e Filipe Cirne que chegaram do Ceilândia Esporte Clube. Um grande nome do futebol brasileiro deve ser anunciado. O clube quer mandar seus jogos no Mané Garrincha. A apresentação será dia 1º de novembro.

 

·         BOLAMENSE: O diretor do clube, Marcelinho afirmou que a diretoria está trabalhando para a montagem do elenco. O técnico não está definido e negociações continuam com Marquinhos Carioca. O Serejão pode ser a casa do Bolamense. A apresentação deve ser no final de novembro ou início de dezembro.

 

·         CEILÂNDIA: O presidente Ari Almeida afirmou que está buscando encerrar os compromissos pendentes deste ano. O técnico não foi confirmado, mas a tendência que pode ser Adelson de Almeida.  A apresentação será dia 15 de dezembro e o estádio Abadião continua sendo a casa do Gato Ceilândia.

 

·         GAMA: O presidente Weber Magalhães disse que sua prioridade é quitar débitos com atletas referentes ainda a 2017. Depois vai mobilizar todos para a montagem do elenco. Sobre treinador, Weber afirmou que o Gama precisa voltar a ser grande e vai buscar um nome que possa levar o time a final do campeonato. . A apresentação deve ser dia 20 de novembro.

 

·         REAL FC: A equipe do presidente Luiz Felipe Belmonte manteve uma base de 2017. O clube deve anunciar um novo treinador. A apresentação deve ser em 15 de novembro. O estádio que mandará seus jogos ainda não foi confirmado.

 

·         SAMAMBAIA: O presidente Neimar Frota afirmou que o seu time vai apostar em novos valores do futebol de Brasília, caso de atletas que se destacaram no campeonato de juniores. Vai buscar manter 8 ou 9 jogadores da segunda divisão. O clube busca manter o técnico Ricardo Antonio. A equipe mandará os jogos no estádio Rorizão, em Samambaia. A apresentação será dia 15 de dezembro.

 

·         SOBRADINHO: O presidente Túlio Lustosa disse que com a confirmação do início do Candangão 2018, já pode começar a traçar os planos para o ano que vem. Sobre treinador, a vontade do clube é contar com Augusto Cesar, apesar de que ele tem recebido várias propostas de clubes de Goiás. A apresentação do elenco será na segunda quinzena de novembro. O mando será no estádio Augustinho Lima, em Sobradinho.

 

     O Candangão 2018 terá seu início dia 20 de janeiro. Doze equipes estarão disputando o título candango. São elas: Bolamense, Brasiliense, Ceilândia, Formosa, Gama, Luziânia, Paracatu, Paranoá, Real FC, Samambaia, Santa Maria e Sobradinho.

 

     Na primeira fase, todas as equipes se enfrentam em turno único, classificando os oito primeiros. Na fase de quartas de final e semifinal, as equipes classificadas se enfrentam de acordo com o chaveamento olímpico usando a melhor classificação na primeira fase como critério de desempate. O atual campeão é o Brasiliense, com o Ceilândia como vice-campeão do Distrito Federal. 

Após o fim do Candangão, jogadores reclamam de salários atrasados

Sérgio Porto – DF10

Fonte: CorreioWeb

Os árbitros do Distrito Federal passam por situação semelhante. Até o início deste mês, eles ainda não haviam recebido os pagamentos

O Campeonato Candango de 2017 insiste em não acabar. Oficialmente, terminou em maio, mas dívidas de clubes como Gama e Ceilândia com os jogadores e comissão técnica se arrastam. Quase quatro meses depois do último jogo do Gama pelo torneio, o time ainda deve pagamentos. Weber Magalhães, presidente do clube, reconhece os débitos, culpa a saída prematura da competição e afirma que o pagamento está sendo feito em parcelas. O mandatário do Ceilândia, Ari de Almeida, não atendeu a reportagem para explicar a equação para quitar os débitos.

Apito

Os árbitros do Distrito Federal passam por situação semelhante. Até o início deste mês, eles ainda não haviam recebido os pagamentos referente a 66 jogos do Campeonato Candango 2017. A dívida da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF) passaria de R$ 128 mil. O débito contraria o Estatuto do Torcedor, lei federal que prevê o pagamento aos profissionais da arbitragem antes das partidas.

Segundo o presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol do DF (SAF-DF), Raimundo Lopo, faltam os pagamentos de duas rodadas do Candangão 2017. “A Federação pagou a segunda divisão do Candangão, do Campeonato Feminino e do Juniores, referentes a 2016. A segunda divisão deste ano foi paga antes dos jogos”.

Provável casa do Brasiliense será reinaugurada com Samambaia x Botafogo/DF neste domingo

Sérgio Porto – DF10

       Um grande evento está sendo agendado para o domingo (30/7), a partir das 11 horas da manhã. O estádio Rorizão, em Samambaia/DF, cidade que tem mais de 200 mil habitantes, será reinaugurado. O local ficou fechado desde 2013.

        Com um trabalho desenvolvido pelo Governo do Distrito Federal, tendo à frente o presidente do Futebol Clube Samambaia, Neimar Frota, a praça esportiva foi reformulada e sediará o jogo das semifinais da Segunda Divisão candanga entre Samambaia x Botafogo/DF.  

         O Samambaia que é treinado por Ricardo Antonio venceu o jogo de ida por 1 a 0 e pode até perder por um gol de diferença que estará nas finais da Segunda Divisão de Brasília. O Botafogo/DF de Davi Lima tem de vencer por 2 gols de diferença. Quem se classificar enfrentará o Bolamense, do técnico Marquinhos Carioca que venceu a disputa frente ao CFZ Brasília do volante Baiano, ex-Palmeiras e Santos. Os dois finalistas estarão garantidos na Primeira Divisão de Brasília em 2018.

BRASILIENSE JÁ SINALISA QUE ADOTARÁ O RORIZÃO COMO SUA NOVA CASA.

Ceilândia/DF x Comercial/MS. Jogo de alto risco na definição de vaga do grupo B10

Sérgio Porto – DF10

     Neste sábado, a partir das 15:30 horas no estádio Abadião, em Ceilândia/DF, os donos da casa enfrentarão o Comercial/MS, no jogo da volta da segunda fase da série D do brasileiro. No jogo de ida, em Campo Grande/MS, o Ceilândia venceu por 1 a 0 com gol marcado pelo zagueiro Badhuga.

       Para o Ceilândia um empate será o suficiente para a equipe candanga passar para a próxima fase da quarta divisão nacional. Ao Comercial, somente uma vitória de dois gols de diferença dará a classificação. Uma vitória do time de Campo Grande por 1 a 0 levará a decisão para as penalidades máximas. Quem se classificar enfrentará o vencedor do confronto entre América de Natal x Aparecidense/GO.

       A última vez que o Ceilândia disputou uma quarta de finais da competição nacional foi no ano de 2005. Na oportunidade foi eliminado pelo Ipatinga/MG.

Ceilândia faz promoção e os 200 primeiros torcedores não pagam ingresso

Sérgio Porto – DF10

     O jogo do próximo sábado entre Ceilândia x Comercial/MS válido pela segunda fase da série D, jogo da volta, é o jogo do ano para o Ceilândia até aqui. Caso o time candango não consiga se classificar para a próxima fase, entrará em férias forçadas até janeiro de 2018.

     Para que isso não aconteça e o time do Gato Ceilândia possa ter apoio de seu torcedor, a diretoria do clube lançou uma promoção de que os primeiros 200 torcedores que comparecerem às bilheterias do estádio Abadião, entre 16 e 17 horas desta sexta-feira, receberão o ingresso de graça. Corra torcedor do Gato Ceilândia!!!

      Enquanto isso dentro das quatro linhas, o técnico Adelson de Almeida tem um meio campista e dos atacantes entregues ao departamento médico. O meia Alcione continua em recuperação de lesão. Já os atacantes Formiga e Junior, ele que veio do futebol baiano, continuam sob os cuidados médicos.

       Quem pode ter a grande chance de atuar como titular é o recém contratado atacante Lauro Cesar. O avante pode formar dupla de ataque ao lado de Carlos Henrique. No meio de campo, a tendência é que Didão, Liel e Émerson Martins fiquem na contenção, com Filipe Cirne atue na criação de jogadas. No gol, Arthur e Léo continuam na briga pela vaga titular.

        Nesta quinta-feira, no Centro de Treinamento do clube, o técnico Adelson de Almeida comandou o último coletivo antes do jogo do sábado às 15h30 horas frente ao Comercial/MS. O onze candango pode ir à campo formando com: Arthur (Léo); Dudu Lopes, Badhiuga, Pedrão e Elivelto; Didão, Liel, Émerson Martins e Filipe Cirne; Lauro Cesar e Carlos Henrique.

        O Ceilândia joga por um empate para se classificar para a próxima fase e enfrentar o vencedor do confronto entre América/RN x Aparecidense/GO. Ao Comercial resta vencer por dois gols de diferença para se classificar direto, ou então, vencer por 1 a 0 e levar a decisão para as penalidades máximas.

         Ceilândia x Comercial/MS, série D do brasileiro no sábado a partir das 15h30 no estádio Abadião, terá arbitragem de William Machado Steffen (SC), com os assistentes Edér Alexandre e Carlos Schmidt, também de Santa Catarina. O quarto árbitro será Wales Martins, do Distrito Federal.

          A Equipe Show de Bola da Rádio DF10 entra em campo neste sábado a partir das 15 horas, direto do estádio Abadião, na Ceilândia. Acesse o WWW.radiodf10.com.br e acompanhe a transmissão de Ceilândia x Comercial/MS.

Ceilândia se prepara para receber sua torcida frente ao Comercial/MS

Sérgio Porto – DF10

     A assessoria de imprensa do Ceilândia Esporte Clube comunicou que a partida entre Ceilândia x Comercial/MS válido pela segunda fase da série D do brasileiro, jogo da volta, sábado no Abadião, terá a presença de torcida.

      Conforme a assessoria do clube foi encaminhada os laudos técnicos para a CBF. Com isso, o ingresso estará ao preço de R$ 10,00 e estarão à venda nas bilheterias do Abadião. Ainda, o clube estuda realizar novamente a promoção de 100 ingressos para os que foram ao estádio e receberão de graça os ingressos cortesias. O assunto está sendo analisado pela diretoria do Ceilândia.

       Já na preparação da equipe para o jogo do ano frente ao Comercial/MS, o técnico Adelson de Almeida trabalha o psicológico de seu time para que não ocorra o mesmo que aconteceu neste ano frente ao próprio Comercial. Vitória fora de casa e derrota no Abadião. Ainda, que não se repita o confronto de 2016 frente ao Fluminense de Feira de Santana. O Ceilândia levou um gol ao final da partida e acabou perdendo nos pênaltis, a vaga para a próxima fase da competição nacional.

      Adelson de Almeida conta com todo o elenco, exceto o meio campista Alcione, ele que se recupera de lesão ocorrida na primeira partida da série D, vitória de 1 a 0 sobre o Anápolis/GO. A novidade no time titular pode ser o recém contratado atacante Lauro César.

      Como o Ceilândia venceu o jogo de ida em Campo Grande por 1 a 0, a equipe candanga joga com a vantagem do empate. O Comercial/MS tem de vencer por dois gols de diferença, ou por 1 a 0 para então levar a decisão para as penalidades máximas. Quem se classificar enfrentará o vencedor de América/RN x Aparecidense/GO.     

      Ceilândia x Comercial/MS, série D do brasileiro no sábado a partir das 15h30 no estádio Abadião, terá arbitragem de William Machado Steffen (SC), com os assistentes Edér Alexandre e Carlos Schmidt, também de Santa Catarina. O quarto árbitro será Wales Martins, do Distrito Federal.

      .

Ex-atacante do Ceilandia e agora no Brasiliense segue por empréstimo para Lusa Paulista

Fonte: Pedro Breganholi

 

     Depois de ter seu contrato rescindido com o Ceilândia Espote, após vazar a notícia de um contato com o Brasiliense, o atacante Romarinho acabou sendo contratado pelo time do presidente Luis Estevão.

       Para que não ficasse sem atividades até o mês novembro, data de apresentação do elenco do Brasiliense para as competições do ano que vem (Candangão, Copa do Brasil e Série D), o atleta foi emprestado pelo Brasiliense para a Portuguesa de Desportos, a Lusa do Canindé.

        O jogador já está de malas prontas para seguir para São Paulo. Romarinho foi um dos artilheiros do primeiro semestre no Brasil, com 18 gols marcados. 

DF: Experiente volante Baiano dispara: “Futebol de Brasília assim nunca será profissional”

Sérgio Porto – DF 10

     Na tarde da quinta-feira, dois jogos estavam programados para acontecer pelo fechamento da terceira rodada da Segunda Divisão do Distrito Federal. Um deles foi disputado. O Botafogo/DF venceu o Capital por 5 a 1 e assumiu a liderança do grupo B, com 7 pontos ganhos.

       A outra partida que aconteceria no estádio Abadião, na cidade de Ceilândia, estavam as duas equipes em campo. O policiamento estava à postos, mas a ambulância médica não foi enviada ao local. Então a arbitragem comandada pelo árbitro Adriano Luiz aguardou o tempo regulamentar determinado e como não chegou a ambulância, o mesmo reuniu as duas equipes e informou que a partida estava cancelada. O mesmo relatou na súmula os acontecimentos e encaminhou para que o assunto seja tratado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Distrito Federal.

        O experiente volante Baiano, com passagens por Palmeiras, Santos, Boca Junior da Argentina, agora atleta do CFZ disse na Rádio DF10 que: “São por estas coisas que o futebol de Brasília não vira profissional. Nem na várzea devem acontecer estas coisas. Nós atletas deixamos nossas casas para vir atuar, vocês da imprensa e torcedores vem ao estádio e não tem jogo por falta de ambulância. Falta organização no futebol de Brasília. Sei que posso até ser punido, mas a Federação de Brasília não pode aceitar estas coisas. Isto frustra à todos”, disparou Baiano. 

         O presidente do CFZ, Lafaiete Neri, falando à Rádio DF10 declarou que: “Até as 18 horas de terça-feira estávamos mobilizados para disputar a partida que seria na quarta-feira. Então recebemos uma ligação da Federação de Brasília que o jogo tinha sido transferido para quinta-feira. Isto provocou que nosso jogo da quarta rodada frente ao Samambaia fosse passado do sábado, para segunda-feira às 10 da manhã, pois não seria cumprido o prazo mínimo entre uma partida e outra. Infelizmente não jogamos este confronto desta quinta com o Ceilandense”, disse o presidente do CFZ/DF.

         O presidente do Ceilandense, Manoel Santos, falando à Rádio DF10 se defendeu dizendo que: “Estávamos com toda a estrutura para disputar este jogo na quarta-feira. Recebemos um telefonema do diretor da Federação, Neimar Frota, dizendo que o jogo estava transferido para quinta-feira. Então, a ambulância acabou não vindo ao Abadião”, disse o presidente do Ceilandense.

JOGOS DA TERCEIRA RODADA DAS SEGUNDA DIVISÃO DO DF

·         Bolamense 0x0 Brazlândia;

·         Samambaia 10x1 Planaltina EC;

·         Legião 0x0 Cruzeiro;

·         Capital 1x5 Botafogo/DF;

·         Ceilandense x CFZ será decidido pelo TJD/DF.

 

Terceira rodada da Segunda Divisão do DF teve goleada de 10 a 1 e dois empates

Sérgio Porto – DF10

Foto: Thiago Amaral

     A abertura da terceira rodada da Segunda Divisão do Distrito Federal teve três jogos na tarde da quarta-feira. O destaque foi a goleada impiedosa do Samambaia sobre o Planaltina EC por 10 a 1. Acompanhe os jogos:

·         Bolamense 0x0 Brazlandia, no Abadião: O Bolamense é o segundo do grupo A, com 4 pontos ganhos. O Brazlândia é o segundo do grupo B, com 4 pontos ganhos.

 

·         Legião 0x0 Cruzeiro, no Serra do Lago: O Legião é o terceiro do grupo A, com 4 pontos ganhos. O Cruzeiro é o quarto do grupo B, com 4 pontos ganhos.

 

·         Samambaia 10x1 Planaltina EC: Os gols do Samambaia foram de Tarta, Gilvan (2), Kelvin, Wisman (3), Kerllinson, Allan Delon, Douglas. O gol de honra do Planaltina foi de Douglas. O Samambaia é o líder do grupo A, com 7 pontos ganhos.

 

·         NESTA QUINTA-FEIRA, A PARTIR DAS 15H30:

 

·         Ceilandense x CFZ no Abadião;

 

·         Capital x Botafogo/DF no Bezerrão.

Três goleadas marcaram a segunda rodada da Segundona do DF

Thiago Amaral – Rádio DF10

Foto: Pedro Breganholi

 

     O 21º Campeonato Brasiliense de Futebol da Segunda Divisão teve a realização de sua segunda rodada neste final de semana. Três goleadas marcaram a rodada. CFZ, Bolamense e Brazlandia tiveram placares elásticos frente aos seus adversários. O Samambaia, do técnico Ricardo Antonio, enfim conseguiu sua primeira vitória. O CFZ do volante Baiano lidera a competição e mantém os 100% de aproveitamento.

      Acompanhe os cinco jogos da Segunda Rodada da Segundona do DF:

·         CFZ 5x0 Capital, sábado no Serra do Lago: Os gols foram de Carlyle três vezes, Baiano e Jonhy. O CFZ é o líder do grupo B com 6 pontos e saldo de 6 gols. É o único 100% da competição.

 

·         Botafogo/DF 2x1 Legião, sábado no Serra do Lago: Os gols do Foguinho foram de Wesley e Diego Dogba, com Lucas descontando para o Legião.

 

·         Cruzeiro/DF 0x1 Samambaia, sábado no Serejão: Enfim os comandados de Ricardo Antonio se encontraram com a vitória. O gol foi de Gilvan.

 

·         Planaltina EC 1x5 Bolamense, sábado no Diogão: Os comandados de Marquinhos Carioca alcançaram sua primeira vitória e o Planaltina EC permanece sem pontuar. Michel Platini foi o nome do jogo com 4 gols e Gabriel marcaram para o Bolamense. Para o Planaltina o gol de honra foi de Gustavo.

 

·         Brazlandia 4x1 Ceilandense, sábado na Chapadinha: Os gols do time Leandro Tavares foram marcados por Marquinhos, Raphael Andrade e João Vitor (2). O gol do Ceilandense foi de Alex.

 

O grupo A tem o Samambaia, com 4 pontos. Bolamense e Legião tem 3 pontos. Já Ceilandense e Capital ainda não pontuaram.

 

O grupo B tem o CFZ líder com 6 pontos. O Botafogo/DF tem 4 pontos. Brazlândia e Cruzeiro tem 3 pontos. Já o Planaltina ainda não pontuou.

            Brazlândia e Capital tem um jogo a menos, partida válida pela primeira rodada. O jogo será disputado dia 12 de julho.

       TERCEIRA RODADA SERÁ NO MEIO DE SEMANA

·         Jogos da quarta-feira a partir das 15h30:

·         Bolamense x Brazlândia no Serejão.

·         Capital x Botafogo/DF em local a definir

·         Ceilandense x CFZ/BSB no Abadião

·         Legião x Cruzeiro/DF no Diogão, em Formosa

 

     JOGO DA QUINTA-FEIRA ÀS 15H30:

·         Samambaia x Planaltina EC no Abadião.

 

Segundona do DF: Definida arbitragem para a segunda rodada e expectativa pela estreia de Baiano

Sérgio Porto – DF10

     Depois de uma passagem pelo Luziânia, nas disputas da série D do brasileiro, o veterano volante e lateral Baiano, 38 anos, continuará desfilando seu futebol pelos gramados da Capital do Brasil. O jogador agora faz parte do elenco do CFZ/Brasília, equipe que disputa a Segunda Divisão do Distrito Federal. Sua rescisão com o Luziânia e seu retorno ao Real FC já consta no BID da CBF. Agora para poder estrear no CFZ, falta a sua regularização junto ao time do técnico Flu.

      Outros jogadores conhecidos do futebol candango também estão na competição, caso do goleiro Pereira, ex-Gama e Brasiliense, do zagueiro Márcio Costa, com 43 anos com passagens por Corinthians/SP, Michel Platini que atuou pelo Ceilândia, Allan Delon que despontou no Vasco da Gama.  

     A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Distrito Federal sorteou os responsáveis pela condução dos jogos da segunda rodada da primeira fase da Segunda Divisão do Distrito Federal. Acompanhe quem comandará as partidas:

·         CFZ X CAPITAL, sábado 10 da manhã no Serra do Lago:

 

·         Árbitro: Almir Camargo

·         Assistentes: Marconi Souza e Gilbert Camargo

·         Quarto árbitro: Marco Antonio

 

·         PLANALTINA EC X BOLAMENSE, sábado as 15h30 no Diogão:

·         Árbitro: Emanoel Ramos

·         Assistentes: Kleber Alves e José Ricardo

·         Quarto árbitro: Matheus Moraes

 

·         BOTAFOGO/DF X LEGIÃO, sábado as 15h30 no Serra do Lago:

 

·         Árbitro:  Gutemberguison Almeida

·         Assistentes: Milton Alves e Robson Barbosa

·         Quarto árbitro: Felipe Barbosa

 

·         CRUZEIRO X SAMAMBAIA, sábado as 15h30 no Serejão:

 

·         Árbitro: Ademário Neves

·         Assistentes: Muller Aniceto e Adailton Borges

·         Quarto árbitro: Adriano Luiz

 

·         BRAZLANDIA X CEILANDENSE, domingo às 15h30 na Chapadinha:

 

·         Árbitro: Rafael Cruz

·         Assistentes: Renato Gomes e Vinicio Assis

·         Quarto árbitro: Marcelo Rudá.

 

O Legião lidera a Segunda Divisão do Distrito Federal com 3 pontos ganhos e saldo de 2 gols. CFZ e Cruzeiro tem 3 pontos ganhos e saldo de um gol. Samambaia e Botafogo/DF tem 1 ponto ganho.

Já Bolamense, Ceilandense e Planaltina EC ainda não pontuaram. O Brazlandia e o Capital ainda não estrearam. A partida de complemento da primeira rodada entre ambos será disputada dia 12 de julho.

 

 

 

Ceilândia/DF estreia fora de casa dia 2 de julho frente ao Jacobina/BA

Sérgio Porto – DF10

     Depois de conquistar o primeiro lugar do grupo A10 da série D com 10 pontos ganhos, mesmo com a derrota de 2 a 0 para o Anápolis/GO, o grupo do Ceilândia já volta aos trabalhos visando as disputas com o Jacobina/BA na segunda fase da competição nacional.

      A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu que o primeiro jogo da segunda fase da série D será dia 2 de julho (domingo), às 16 horas no estádio José Rocha, em Jacobina na Bahia.

      O jogo da volta será dia dia 8 de julho (sábado), a partir das 15h30 no estádio Abadião, em Ceilândia, no Distrito Federal.

      Enquanto isso, o técnico Adelson de Almeida contra com todo o seu elenco, com exceção do meia Alcione, ele que se recupera de lesão. O zagueiro Humberto é o único pendurado com dois cartões amarelos.

       Na tarde desta terça-feira, a partir das 15h30 no gramado do Centro de Treinamento no Núcleo Rural Alexandre Gusmão frente aos juniores do clube. Será a oportunidade do treinador Adelson de Almeida observar aqueles jogadores que estão tendo poucas oportunidades na equipe.

       O atacante Junior, recém contratado que veio do Atlântico da Bahia, já fez sua estreia frente ao Anápolis, na derrota por 2 a 0. O lateral esquerdo Elivelto, ele que não particpou da partida em Anápolis deve voltar aos treinamentos nesta terça-feira.

       O Ceilândia vai reencontrar mais um time baiano na próxima fase da série D, igualmente como aconteceu em 2016. No ano passado o adversário foi o Fluminense de Feira de Santana. Agora mais uma vez um clube da boa terra. O adversário deste ano é o Jacobina que se classificou em segundo no grupo A9, com 9 pontos ganhos.

       

 

Segunda Divisão do DF: Falta de estádios provoca alterações na tabela

 

Sérgio Porto – DF10

 

      Tudo em função de falta de estádios começaram as alterações na tabela da Segunda Divisão candanga de 2017.

 

      O estádio Abadião tem sido a válvula de escape da competição. Acontecerá um jogo no sábado, outro no domingo pela manhã e na quarta-feira, dia 28, mais uma partida, esta entre Legião x Planaltina/DF. Todas elas pela primeira rodada da competição. Tudo porque o estádio Rorizão e o Augustinho Lima não foram ainda liberados.

 

      O Samambaia faz um amistoso nesta quarta com o Luziânia, no Serra do Lago. O Botafogo/DF empatou em 4 a 4 com o Elite do Paranoá. O Brazlandia perdeu para o Ceilandia, por 4 a 1 na segunda-feira.

 

      O Legião entrará na competição com base do time de juniores. O seu técnico será o Singo. O comandante do Planaltina será Samuel Oliveira.

 

A PRIMEIRA RODADA DA SEGUNDA DIVISÃO 2017:

  • Bolamense x CFZ/DF, sábado as 15h30 no Serejão;
  • Ceilandense x Cruzeiro/DF, sábado as 15h30 no Abadião;
  • Samambaia x Botafogo/DF, domingo as 11 horas, no Abadião;
  • Legião FC x Planaltina/DF, quarta (28) às 15h30 no Abadião;
  • O Brazlandia folga na rodada. 

CEILÂNDIA PEGARIA O LUZIÂNIA NA PROXIMA FASE DA D

Sérgio Porto – DF10

      O Ceilândia está virtualmente classificado para a próxima fase da série D. Somente uma grande catástrofe pode tirar a vaga do Gato Ceilândia, caso seja derrotado pelo Anápolis no domingo e Comercial/MS vença o Sinop/MT fora de casa por grande goleada, tirando o saldo positivo do Gato Ceilândia que é de 5 gols. Ainda, que aconteçam outras combinações de resultados que possam deixar o time candango de fora dos 15 melhores segundos colocados da primeira fase da quarta divisão nacional.

      Os 16 melhores primeiros colocados formam o grupo I. Eles serão numerados de 1 a 16 conforme a ordem dos grupos. É importante frisar que importa a ordem dos grupos da Série D. Como o grupo II é formado pelos 15 melhores segundos colocados, além do 17º primeiro colocado que é deslocado para o grupo II. Esses clubes podem ser numerados de 1 a 16 conforme a ordem dos grupos da Série D. Aqui é importante frisar que o pior primeiro colocado entra na numeração imediatamente à frente do segundo colocado do seu grupo.

       Depois do fechamento da quinta rodada na segunda-feira, o cruzamento neste momento poderia apresentar o primeiro do grupo A10 contra o segundo do grupo A11. Quem são eles? Ceilandia x Luziânia.  

SEGUNDA DIVISÃO DO DF: Samambaia contrata Allan Delon

Sérgio Porto – DF10

foto: ceilandiaec

     No próximo sábado, 24 de junho, terá início o 21º Campeonato Brasiliense de Futebol da Segunda Divisão. As equipes estão na fase final de preparação.

     O Samambaia do técnico Ricardo Antonio,  fez um amistoso no sábado frente ao Elite do Paranoá e venceu por 1 a 0 com gol do Wisman. O estádio Rorizão não ficou pronto e o time do Samambaia estreará no domingo, 11 da manhã no Abadião, frente ao Botafogo/DF. Allan Delon é a novidade do Samambaia. Já o atacante Michel Platini, ex-Ceilândia está no Bolamense. O Planaltina EC mandará seus jogos no estádio Diogão, em Formosa.

      O estádio Abadião será a praça que sediará duas partidas na primeira rodada da Segunda Divisão do DF. Falta a definição do local do jogo entre Legião x Planaltina EC.    

União Rondonópolis 1x1 Luziânia/DF: Decisão será na última rodada

Thiago Amaral – DF10

     No final da tarde do domingo em Rondonópolis, no Mato Grosso, o União de Rondonópolis recebeu o Luziânia, equipe do Entorno do Distrito Federal que representa a Capital do Brasil na série D nacional.

       O Luziânia abriu o placar aos 36 minutos do segundo tempo através de William. O União de Rondonópolis empatou aos 49 minutos da segunda etapa. O Luziânia é o líder do grupo A11, com 9 pontos ganhos. O União é o vice-líder com 8 pontos ganhos. O Aparecidense é o terceiro, com 6 pontos e joga nesta segunda-feira frente ao Sete de Dourados e pode assumir a liderança do grupo A11. O time goiano tem duas vitórias e caso vença o Sete/MT passará a ter três vitórias. 

Ceilândia/DF 3x0 Sinop/MT: Gato encaminha classificação e Sinop está fora

 Thiago Amaral - DF-10

     Neste sábado no estádio Abadião, o Ceilândia Esporte Clube teve um jogo de fundamental importância para sua sobrevivência na quarta divisão nacional. O Gato enfrentou o Sinop/MT em partida válida pela quinta e penúltima rodada da primeira fase da quarta divisão nacional.

     O jogo terminou com vitória do Ceilândia por 3 a 0, gols de Émerson Martins, Carlos Henrique e Romarinho. Com este placar, o Gato Ceilândia chegou aos 10 pontos ganhos, três vitórias e saldo de 5 gols e lidera o grupo A10, com 10 pontos ganhos. Para perder o primeiro lugar do grupo, o Comercial tem de vencer o Anápolis com diferença de 5 gols para ultrapassar o Ceilândia. O Gato está pelo menos garantido entre os 15 melhores segundos colocados.  

      O Sinop/MT ainda não venceu na competição. Tem 3 pontos ganhos  está fora da competição nacional. A delegação  do time do Mato Grosso passou um susto na viagem de avião para Brasília. Um pássaro atingiu a turbina da aeronave que teve de retornar para Cuiabá. O grupo do Sinop e do Cuiabá foram alocados em outra aeronave. 

Segundona do DF: Bolamense faz amistoso e Samambaia agenda partida

Sérgio Porto – DF10

 

     A 21ª Edição do Campeonato Brasiliense da Segunda Divisão tem seu início previsto para o dia 24 de junho. As equipes se movimentam na preparação para a estreia.

     Na tarde do feriado de quinta-feira, dois clubes se movimentaram no estádio Serejão, em Taguatinga. O Bolamense, do técnico Marquinhos Carioca e que tem como novidade o atacante Michel Platini (ex-Ceilândia) e Márcio Costa, realizou um jogo treino no gramado principal do Serejão.

      Já o Samambaia, do técnico Ricardo Antonio, realizou um trabalho tático no campo suplementar do Serejão. O treinador já tem seu primeiro amistoso agendado. Será na manhã do sábado, a partir das 11 horas no Centro de Treinamento do Brasiliense, no Setor de Clubes Sul de Brasília, diante do Elite Paranoá. 

Ceilândia nos ajustes finais para o jogo com o Sinop/MT. Ex-Brasiliense chega ao Gato

Sérgio Porto DF-10

     No próximo sábado a partir das 15h30 no estádio Abadião, o Ceilândia Esporte Clube tem um jogo de fundamental importância para sua sobrevivência na quarta divisão nacional. O Gato enfrentará o Sinop/MT em partida válida pela quinta e penúltima rodada da primeira fase da quarta divisão nacional.

      Com 7 pontos ganhos e ainda líder do grupo A10, uma vitória alavancará o encaminhamento da classificação para a próxima fase da série D, podendo se garantir pelo menos entre os 15 segundos melhores colocados dos 17 grupos da série D. Na última rodada o Ceilândia enfrentará o Anápolis, fora de casa.

       Para este confronto frente ao Sinop/MT neste sábado, o desfalque pelo terceiro cartão amarelo é o volante Didão. O técnico Adelson de Almeida tem testado alternativas para substituí-lo. O volante Liel e o meia Kabrine são opções para a função. Filipe Cirne pode voltar ao meio de campo, deixando a equipe mais ofensiva.

        O atacante Romarinho, falando ao site do clube declarou que a tranquilidade neste momento é de fundamental importância na partida frente ao Sinop. Nesta sexta-feira pela manhã, um recreativo no CT e depois os relacionados para o jogo, entram em regime de concentração. A novidade pode ser o zagueiro Pedrão e o lateral direito Dudu Lopes. Já o experiente meia Alcione continua sob os cuidados médicos.

ZAGUEIRO EX-BRASILIENSE DESEMBARCA NO NINHO DO GATO

         A novidade no Ceilândia foi a contratação do zagueiro Vitão, ele que disputou o Candangão pelo Brasiliense. Com 24 anos e 1,87m, o jogador se junta ao elenco do Gato Ceilândia na luta por uma vaga na série C do brasileiro de 2018. 

Série D: Luziânia trabalha no feriado para a batalha com o União no Mato Grosso

Sérgio Porto – DF10

Foto: aaluziania.com.br

     Com 8 pontos ganhos, duas vitórias, saldo de 6 gols e ainda invicto na quarta divisão nacional, o Luziânia do técnico Luis Carlos Souza continua os trabalhos para a partida do domingo, a partir das 19 horas em Rondonópolis/MT frente ao União de Rondonópolis.

       Na quarta-feira, enquanto os titulares faziam trabalho de preparação física, os jogadores que não tem sido aproveitados na equipe principal fizeram um jogo treino diante do Botafogo/DF, equipe que disputará a Segunda Divisão do Distrito Federal. A partida terminou empatada em 0 a 0.

        A novidade neste confronto foi a volta do goleiro Márcio Fernandes, recuperado de uma dengue. Ele começou o amistoso diante do Botafogo ao lado de Thompson, Thiago Spice, Vítor Hugo e Jeferson; Pedro Ayub, Sandy e Alex Goiano; Willian, Pedrinho e Gilvan.

           Nesta quinta-feira todo o grupo voltou aos treinamentos, apesar do feriado. Na sexta-feira, na parte da tarde, um treinamento com bola no CT do Park Way, em Brasília. No sábado pela manhã, a viagem para o Mato Grosso, pois no domingo no início da noite, a partida de fundamental importância frente ao adversário direto pelo primeiro lugar do grupo A11, o União de Rondonólis que tem 7 pontos ganhos.

           Na equipe que deve começar o apronto final nesta sexta-feira, a dúvida pelo menos para quem acompanha o Luziânia, está entre Dan e Vitinho. Nas demais posições, a tendência é que a equipe seja a mesma que começou o jogo em Dourados, empate em 0 a 0 com o Sete de Dourados.  O time provável do Luziânia: Léo Rodrigues; Dedê, Hyago, Rodrigo Barros e Tom; Baiano, Robinho, Kaká e Dan (Vitinho); Jorginho e Giba.

A SITUAÇÃO DO GRUPO A11 DA SÉRIE D:

·         Luziânia: Líder com 8 pontos, duas vitórias e saldo de 6 gols. Enfrenta o União fora e o Aparecidense em casa.Pode chegar a 14 pontos.

·         União Rondonópolis: 2º com 7 pontos, duas vitórias e saldo de um gol. Enfrenta o Luziânia em casa e o Sete fora.

·         Aparecidense: 3º com 6 pontos, duas vitórias e saldo de 2 gols. Enfrenta o Sete em casa e o Luziânia fora.

·         Sete de Dourados: 1 ponto e não tem mais chances de classificação. Cumpre tabela contra Aparecidense e União. 

Fortaleza anuncia contratação do volante Aldo do Brasiliense

O Fortaleza anunciou nesta quarta-feira, 14, a contratação de mais um reforço para a sequência da Série C do Campeonato Brasileiro. O volante Aldo, de 29 anos, ex-Brasiliense, é o novo reforço tricolor para o meio-campo.

Além dele, o clube também oficializou o acerto com o zagueiro Adalberto. O defensor já tinha um acordo com o Leão do Pici, e teve a confirmação da negociação com a publicação de sua rescisão com o Náutico no Boletim Informativo Diário (BID).

Com os dois jogadores, Fortaleza já realizou a contratação de nove reforços visando a participação na Terceirona.

DF10

Fonte: O Povo

E os Estádios para a Segunda Divisão do DF que começa dia 24 de junho?

Sérgio Porto- DF10

Foto: Neimar Frota

     Nas disputas do Candangão 2017 que teve o Brasiliense como campeão, uma das maiores dificuldades foram as condições de alguns estádios para a competição do Distrito Federal. O tradicional estádio Serejão, em Taguatinga, o estado do Cave, no Guará, o Augustinho Lima, em Sobradinho, além do Rorizão, em Samambaia foram praças que não puderam ser utilizadas por falta de condições para os jogos.

       Faltando 11 dias para a abertura da Segunda Divisão do Distrito Federal, prevista para o dia 24 de junho, a expectativa é que o Estádio Serejão não esteja em condições de ter jogos, pois a empresa responsável pela obra de reforma da praça esportiva parou os trabalhos. Tudo em função de um aditivo de contrato. O estádio Augustinho Lima, em Sobradinho, está com as obras de reforma do gramado bem adiantadas. Faltam as pinturas e também, as instalações das traves entre outras melhorias. E os famosos para-raios será que foram instalados?

         O Samambaia Futebol Clube mandará seus jogos no estádio Rorizão, em Samambaia. O presidente do clube, Neimar Frota, através de sua rede social destacou que: “Até na segunda ou terça-feira devo confirmar se estrearemos em nosso estádio. Estamos trabalhando firme aqui. Passamos um rolo no gramado nesta terça-feira. Caso consigamos realizar este trabalho nos próximos dias por duas vezes e a gramar vingar, então atuaremos aqui no Rorizão”, disse o presidente do Samambaia, Neimar Frota.

          Com nove equipes participando da competição, a primeira rodada terá os seguintes confrontos no dia 24 de junho:

·         Bolamense x CFZ Brasília;

·         Legião x Planaltina DF;

·         Samambaia x Botafogo/DF;

·         Ceilandense x Cruzeiro/DF.

         

Chat DF 10!

TV DF 10.

DESTAQUES

Túlio Guerreiro se licencia da presidência do Sobradinho/DF para ser dirigente no Goiás EC

 

     Na manhã desta terça-feira a notícia que balançou as bases do Sobradinho Esporte do Clube, da cidade de Sobradinho/DF foi a licença do presidente Túlio Lustosa, o Túlio Guerreiro, ele que deixou o clube candango. Seu destino é ser gerente executivo de futebol no Goiás Esporte Clube.


      Falando rapidamente à Rádio DF10 de Brasília, à caminho de Goiânia, o agora gerente de futebol do Goiás disse que: “Estou chegando à Goiânia para ser apresentado no Goiás. Recebi a proposta do clube e acabei aceitando. No meu lugar no Sobradinho ficará o Washington Borges. Ele dará continuidade aos trabalhos no clube”, disse Túlio Lustosa.


      Sobre a ação que impetraria no STJD no Rio de Janeiro, ainda em função dos clubes que representarão Brasília na Copa Verde 2018, Túlio disse que: “Vou continuar com ação sim. Mesmo à distância do Sobradinho vou acompanhar tudo que acontece. É uma briga que já comprei e agora vou até o final com ela”, disse Túlio Lustosa.


       Sobre a proximidade do Sobradinho EC com a equipe do Goiás, uma parceria que já existe, Túlio disse que: “Esta parceria comigo no Goiás a partir de agora, a tendência que fique mais forte. Vamos trabalhar para que o Sobradinho possa receber apoio do Goiás”, encerrou Túlio Guerreiro.


        O Sobradinho estreia no Candangão 2018 dia 20 de janeiro frente ao Formosa/GO, no estádio Augustinho Lima, em Sobradinho/DF. Seu comandante será Vitor Santana que era auxiliar técnico de Augusto Cesar, hoje nas divisões de base do Goiás Esporte Clube.  

 




http://twitter.com/SERGIOPORTODF

.

Diretor da Federação do DF pede: “Vamos trabalhar para termos estádios para o Candangão”

Sérgio Porto – DF10

     Faltando 63 dias para a abertura do Candangão 2018, a grande preocupação dos futebolistas do Distrito Federal são as praças esportivas para as disputas do 43º Campeonato Brasiliense de Futebol.

      O diretor técnico e de futebol da Federação de Futebol do Distrito Federal, Márcio Coutinho, participando do Programa Bola Na Rede, da Rádio DF10 de Brasília disparou que: “Nós temos caminhado, eu e o presidente da Federação Daniel Vasconcelos, junto à Polícia Militar de Brasília, nosso departamento jurídico está entrando em contato com o Ministério Público para que possamos resolver os problemas que ainda existem. À princípio nós estamos engatinhando. É uma situação muito difícil, pois existe um processo judicial que nós precisamos resolver urgentemente e isto está nos preocupando. Não é uma coisa fácil de se resolver não. É um processo judicial que existe já a um tempo,  interditando algumas praças esportivas. No nosso contato com a Polícia Militar existe algumas praças que estão liberadas. Estamos fazendo um apanhado todo desta situação para tomarmos as providências cabíveis’, disse Márcio Coutinho.

E O GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL?

      Sobre o apoio governamental, o diretor técnico da FFDF falou que: “Nós temos procurado o governo de Brasília para que receba pelo menos o presidente da Federação de Brasília, mas não estamos conseguindo. A reunião que estava agendada dos presidentes de clubes, presidente da Federação e o Governador Rodrigo Rollemberg não aconteceu. Continuamos buscando este contato com o governo para que nos ajude neste momento. Acreditamos que até o início da competição seja possível tomarmos as providências para liberação dos estádios’, disse o diretor da FFDF.

AJUDA DOS PRESIDENTES DE CLUBES

       Márcio Coutinho também mandou um recado aos dirigentes de clubes de Brasília: “Aproveito aí este programa para mandar um recado aos presidentes de clubes que tem mandos de campos, para que se movimentem também. Não adianta só a diretoria da Federação e de alguns clubes correr atrás. É a hora de todos se movimentarem e se unirem, pois senão nada conseguiremos. Os dirigentes tem que se movimentar dentro de sua comunidade em busca de resolver estas situações. Temos que seguir os exemplos do Samambaia que está correndo atrás e lhe falta somente um ou outro laudo e eles vão conseguir. O Sobradinho também tem trabalhado para liberar o estádio Augustinho Lima. Hoje o estádio Serejão, por incrível que pareça, não tem impedimento da Polícia sobre não realização de jogos lá. Queremos vistoriar o estádio e propormos a liberação da faixa central para o público. O estádio do Cave depende de construção de vestiários e banheiros. Estamos aguardando uma posição do presidente do Real FC, Luiz Felipe Belmonte”, falou o diretor técnico da FFDF.

REPRESENTANTES DO DF NA COPA VERDE 2018

       Márcio Coutinho explicou sobre a Copa Verde que: “Teve um julgamento no STJD no Rio de Janeiro e eles já enviaram um comunicado sobre a decisão para a CBF. Estamos aguardando esta decisão para que o presidente da Federação, Daniel Vasconcelos, tome então as providências sobre o assunto”, disse Márcio Coutinho.

       O presidente do Sobradinho, Túlio Lustosa, falando para a Rádio DF10 de Brasília explicou que aguarda o pronunciamento da CBF sobre sua participação na Copa Verde 2018. Segundo o dirigente, esta decisão deve acontecer nesta terça-feira (21).

        Os dois clubes indicados no Arbitral do Candangão para a Copa Verde 2018 foram Paracatu e Sobradinho. Porém, o contrato da CBF com a emissora detentora dos direitos de transmissão exige que o campeão estadual tenha participação obrigatória na competição nacional. O Brasiliense é o atual campeão do Distrito Federal.

Candangão: Gama se apresenta segunda-feira buscando o título do DF

Sérgio Porto – DF10

Crédito da foto: Douglas Oliveira/SEGAMA

     Depois de quebrar um jejum de 12 anos sem ganhar títulos no Distrito Federal, a Sociedade Esportiva do Gama se reencontrou com uma conquista candanga em 2015. Em 2016 foi eliminado nas semifinais pelo Paracatu/MG em cobranças de penalidades máximas.

      Agora, sob o novo comando do presidente Weber de Azevedo Magalhães e apostando no ex-meio campista de Vasco, Flamengo, Fluminense e que nasceu no Distrito Federal, Carlos Alberto Dias, o alviverde candango começa a caminhada, a viagem para se reencontrar com o título em 2018. Também, buscar vagas para a Copa Verde, Copa do Brasil e série D de 2019.

       Conforme o próprio presidente Weber, em entrevista à Rádio DF10 de Brasília: “Começamos um trabalho com um orçamento apertado. Estamos buscando formar uma equipe competitiva dentro das possibilidades financeiras. Muitos jogadores tem se colocado à disposição do Gama e isso tem nos ajudado muito. Apostamos num treinador que demonstrou uma vontade imensa de dirigir o Gama, pois ele foi gandula aos seus 11 anos, quando o time jogava no estádio do Cave, no Guará. Estamos acreditando no entusiasmo do Carlos Alberto Dias para que tenhamos um time vencedor em 2018”, disse Weber Magalhães.

        Já Carlos Alberto Dias, também falando à Rádio DF10 de Brasília, afirmou que: “Estou muito feliz de voltar à Brasília. Trabalhar na minha terra, reencontrar meus familiares. Além disso, vou ter o privilégio de comandar o time que sempre admirei e tive vontade de jogar. Quando eu trabalhava de gandula no Cave, ficava emocionado com a entrada do Gama em campo e o grande apoio de sua torcida. Hoje estou comandando este time e quero fazer o máximo para que tenhamos um grande 2018”, disse o novo treinador gamense.

         Além do experiente volante Robston, 35 anos que já passou pelo próprio Gama, uma das novidades no elenco é o filho de Marcelinho Carioca, o Pé de Anjo. O meia Lucas Surcin chega ao alviverde candango em busca de levantar o caneco do futebol candango.

        A apresentação oficial do elenco está marcada para segunda-feira, a partir das 16 horas na Faculdade Faciplac, na cidade Satélite do Gama. O grupo de jogadores será avaliado por Carlos Alberto Dias e sua comissão técnica. A pretensão do Gama é ter um grupo no máximo com 28 jogadores.

O ELENCO DO GAMA QUE SERÁ APRESENTADO NA SEGUNDA-FEIRA DIA 6 DE NOVEMBRO

§  GOLEIROS: Victor Brasil, Fernando Mioli e Léo;

§  ZAGUEIROS: Lúcio, Felipe Marcelino, Íkaro, Bruno, Bronzatti e Alex;

§  LATERAIS DIREITOS: Murilo, Tadeu, Lucas Dias e Andrezinho;

§  LATERAIS ESQUERDOS: Rafinha e Samy;

§  VOLANTES: Robston, Pipoca, Tartá, PH e Dadinho;

§  MEIAS: Fabinho, Balotelli, Almir, Fernandinho, Guilherme, Felipe Sales, Kauê, Gordo e Santos;

§  ATACANTES: Gleicinho, Diego, Yan, Lucas Victor, Jefferson Carioca, Fábio Saci, Batata, David Denner, Lucas Carioca, Maycon Douglas, Thiago Bastos e Lautaro Obregón.

 

COMISSÃO TÉCNICA DO GAMA

TÉCNICO: Carlos Alberto Dias

AUXILIAR-TÉCNICO: Alexandre Matos.

PREPARADOR FÍSICO: Marcos Augusto (Marcão).

TREINADOR DE GOLEIROS: Nasser Khalil

FISIOLOGISTA: Carlos Ernesto.

MASSOTERAPEUTA: Criolo.

MORDOMO: Neto.

GESTOR DE SAÚDE: Rodolfo Prado.

ANALISTA DE DESEMPENHO: David Rodrigues

GERENTE DE FUTEBOL: Paulo Araújo.

DIRETOR DE FUTEBOL: Vilson de Sá

 

Fontes: segama e blogama.net        

Candangão: Brasiliense se apresentou na dúvida se disputará 3 ou 4 competições em 2018

 

Sérgio Porto – DF10

 

       Na manhã da quarta-feira, no Centro de Treinamento do Setor de Clubes Sul de Brasília, foi a apresentação do elenco e comissão técnica do Brasiliense Futebol Clube de Taguatinga. Foi dado início aos trabalhos visando pelo menos três competições nacionais em 2018. São elas: Candangão, Copa do Brasil e Série D do brasileiro. Quanto à Copa Verde, no julgamento do Pleno do STJD no Rio de Janeiro, o processo do Brasiliense que reivindica uma vaga na competição nacional de 2018, o processo foi extinto por decurso de prazo. O clube candango promete ir à outras instâncias para se garantir na Copa Verde de 2018.

 

      Dos 27 jogadores do elenco, seis não se apresentaram. Elcarlos, Peninha, Rafinha e Romarinho estão emprestados à outras equipes e tem de aguardar o encerramento de suas competições. Já Mateus Lacerda e Felipe Cirne estão retornando de viagem.

 

      Contando com a chegada de oito novos contratados, lista foi encabeçada pelo experiente lateral direito Souza, ex-São Paulo e Real Madrid. As outras novidades começam no gol, com a chegada do goleiro Bruno Fuso, com 29 anos. No miolo de zaga a novidade é o destaque do futebol candango, o zagueiro Badhuga que passou pelo Ceilândia Esporte Clube e tem 28 anos.

 

       No meio de campo as novidades são Fabinho, Felipe Cirne e Rafinha. O jogador Fabinho veio do Santos do Amapá. Felipe Cirne foi destaque do Ceilândia/DF e tem 25 anos. Já Rafinha se destacou no Santos do Amapá e tem 27 anos, sendo artilheiro do campeonato amapaense ao lado de Luquinhas que foi emprestado pelo próprio Brasiliense.

 

        As outras novidades do elenco estão no ataque. Romarinho, artilheiro do Candangão 2017 com 13 gols atuando pelo Ceilândia e tem 27 anos e está emprestado à Portuguesa de Desportos. Já Bruno Mota, 18 anos veio do Internacional de Porto Alegre.

 

       Permaneceram no elenco os jogadores conhecidos do futebol brasileiro, caso do zagueiro Preto Costa, o experiente meia Souza ex-São Paulo e Grêmio, os atacantes Reinaldo e Nunes. Souza vai reeditar a dupla formada com Cicinho quando ambos atuavam no São Paulo FC.

 

       Falando à Rádio DF10 de Brasília, o experiente Cicinho disse que: “Estou muito feliz por voltar aquela rotina de vestiários, pois já estava sentindo falta. O Brasiliense teve uma ascensão meteórica e queremos ajudar para que possa voltar a brilhar no cenário esportivo brasileiro. Vou reencontrar meu grande amigo Souza. Que ele possa fazer boas assistências e nos ajudar muito”, disse Cicinho.

   

        Já Souza declarou que: “Estamos começando o trabalho visando as competições do ano que vem. Será muito importante nos prepararmos bem, pois a batalha vai ser grande. Estou sentindo um grupo muito unido”, disse Souza.

 

ELENCO E COMISSÃO TÉCNICA DO BRASILIENSE


GOLEIROS: Edmar Sucuri, Fernandes e Bruno Fuso;
LATERAIS: Patrick, Gerson, Mário Henrique e Cicinho;
ZAGUEIROS: Wallace, Preto Costa, Welton Felipe e Badhuga;
VOLANTES: Aldo, Gabriel, Acerola, Matheus Lacerda e Lucas Paiva;
MEIAS: Peninha, Souza, Fabinho, Felipe Cirne e Rafinha;
ATACANTES: Nunes, Reinaldo, Luquinhas, Elcarlos, Romarinho e Bruno Mota. 

Treinador: Rafael Toledo
Auxiliar Técnico: Alexandre Lopes
Preparador Físico: Canela
Auxiliar de Preparação: Arthur
Treinador de Goleiros: Guto

 

Candangão: Brasiliense se apresenta na quarta com ex-seleção e mais novidades

Sérgio Porto – DF10

Felipe Cirne encontra Alisson, na Roma

     O 43º Campeonato Brasiliense de Futebol na sua edição de 2018 tem seu início previsto para o dia 20 de janeiro. Faltando menos de três meses para seu início, as equipes já se movimentam fora de campo. Um dos clubes que terá quatro competições no ano que vem que serão o Candangão, Copa do Brasil, Copa Verde e série D do brasileiro, será o Brasiliense Futebol Clube de Taguatinga.

      Caso não chegue mais alguma novidade de última hora, o técnico Rafael Toledo terá 27 atletas para o início dos trabalhos. A diretoria do clube confirmou que a apresentação do elenco será nesta quarta-feira, 1º de novembro, a partir das 9 da manhã, no Centro de Treinamento do Setor de Clubes Sul de Brasília. Conforme informado pelo jacaré brasiliense, das 9 horas até 9h30 a imprensa esportiva terá a oportunidade de entrevistar atletas e o treinador do clube, Rafael Toledo. Após isto, os jogadores darão início ao período de treinamentos visando às competições do ano que vem.

NOVIDADES

      Quem puxa a relação dos novos contratados do Brasiliense é o lateral direito Cicinho, 37 anos, ele que se destacou no São Paulo FC, Real Madrid/ESP entre outras equipes. As outras novidades começam no gol, com a chegada do goleiro Bruno Fuso, com 29 anos. No miolo de zaga a novidade é o destaque do futebol candango, o zagueiro Badhuga que passou pelo Ceilândia Esporte Clube e tem 28 anos.

       No meio de campo as novidades são Fabinho, Felipe Cirne e Rafinha. O jogador Fabinho veio do Santos do Amapá. Felipe Cirne foi destaque do Ceilândia/DF e tem 25 anos. Já Rafinha se destacou no Santos do Amapá e tem 27 anos, sendo artilheiro do campeonato amapaense ao lado de Luquinhas que foi emprestado pelo próprio Brasiliense.

        As outras novidades do elenco estão no ataque. Romarinho, artilheiro do Candangão 2017 com 13 gols atuando pelo Ceilândia e tem 27 anos. Já Bruno Mota, 18 anos veio do Internacional de Porto Alegre.

DESTAQUES DE 2017 RETORNAM AO CLUBE

       Os jogadores conhecidos do futebol brasileiro, caso do zagueiro Preto Costa, o experiente meia Souza ex-São Paulo e Grêmio, os atacantes Reinaldo e Nunes retornam ao Brasiliense. Souza vai reeditar a dupla formada com Cicinho quando ambos atuavam no São Paulo FC.

JOGADORES EMPRESTADOS DEPENDEM DOS RESULTADOS DAS EQUIPES

        Conforme a informação prestada pela diretoria do Brasiliense, os jogadores Peninha, Elcarlos, Rafinha, Aldo e Romarinho que estão emprestados para outras equipes, dependem da situação das suas agremiações para saber a data de quando serão liberados para retornarem ao Brasiliense.

         Já Felipe Cirne que casou, está em viagem para a Europa. O jogador até se encontrou com o goleiro Alisson, titular da seleção brasileira e da Roma, quando de sua passagem pela Itália. São amigos de tempos de categorias de base. Seu retorno ao Brasil está previsto para 1º de novembro.

ELENCO E COMISSÃO TÉCNICA DO BRASILIENSE


GOLEIROS: Edmar Sucuri, Fernandes e Bruno Fuso;
LATERAIS: Patrick, Gerson, Mário Henrique e Cicinho;

ZAGUEIROS: Wallace, Preto Costa, Welton Felipe e Badhuga;
VOLANTES: Aldo, Gabriel, Acerola, Matheus Lacerda e Lucas Paiva;
MEIAS: Peninha, Souza, Fabinho, Felipe Cirne e Rafinha;
ATACANTES: Nunes, Reinaldo, Luquinhas, Elcarlos, Romarinho e Bruno Mota.

Treinador: Rafael Toledo
Auxiliar Técnico: Alexandre Lopes

Preparador Físico: Canela
Auxiliar de Preparação: Arthur
Treinador de Goleiros: Guto

Federação de Brasília convoca os clubes do Candangão para definir representantes na Copa Verde

Sérgio Porto – DF10

     Depois que foi definido em arbitrais anteriores que o terceiro e quarto colocados do Candangão 2017 seriam os representantes de Brasília na Copa Verde 2018 e que, os terceiro e quarto colocados do campeonato brasiliense de 2018 representariam o Distrito Federal na Copa Verde de 2019, tudo mudou.

       Em função de que em visita à sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro, o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos confirmou que o contrato da entidade do futebol brasileiro com a emissora de televisão detentora dos direitos de transmissão da Copa Verde exige que o campeão estadual faça parte da competição nacional. A segunda vaga pode ser definida pela Federação de Brasília em comum acordo com os clubes candangos.

       Com isso, uma nova reunião envolvendo a Federação de Futebol do Distrito Federal e os representantes dos 12 clubes que disputarão o Candango de 2018, foi convocada pelo diretor técnico da entidade, Márcio Coutinho.

        A reunião está agendada para esta quinta-feira, dia 26 de outubro, a partir das 17 horas em primeira chamada, na sede da Federação de Futebol do Distrito Federal, no Plano Piloto de Brasília.

        Uma proposta que será colocada aos clubes será que em 2018 os representantes de Brasília sejam o campeão Brasiliense e o terceiro colocado, o Paracatu do interior de Minas Gerais. Em 2019, o primeiro representante de Brasília será o campeão candango de 2018. O segundo representante sairá de uma decisão que aconteceria como preliminar do jogo final do Candangão 2018. Esta preliminar envolveria o terceiro e quarto colocado do Candangão do ano que vem.

AUDIÊNCIA DOS PRESIDENTES DE CLUBES COM GOVERNADOR DO DF FOI ADIADA

       A Assessoria de Comunicação da Federação de Brasília informou que toda a agenda do Governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg na quarta-feira (25) foi cancelada. Com isto, a reunião do Governo de Brasília com os representantes dos 12 clubes candangos e o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal terá uma nova data para ser realizada.

       Não foi incluída nesta reunião a presença de qualquer representante da imprensa esportiva de Brasília. Com isso, não será possível o acompanhamento do encontro de representantes do futebol do DF com o senhor Governador do Distrito Federal, pela imprensa esportiva da Capital do Brasil.

Governador de Brasília receberá clubes e presidente da Federação do DF

Sérgio Porto DF-10

     O 43º Campeonato Brasiliense de Futebol na sua edição de 2018 tem sua data de início prevista para o dia 20 de janeiro do ano novo. Doze equipes estarão correndo atrás da bola em busca do título candango. Ainda, estão em disputa as duas vagas para a série D de 2019, além de Copa Verde e do Brasil.

      Uma das grandes preocupações tanto dos clubes, como da própria Federação de Brasília é a atual condição dos estádios do Distrito Federal. Todos não possuem laudos para que ocorram eventos esportivos. Um grupo de dirigentes e o próprio presidente da Federação de Brasília buscou um encontro com o senhor Governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg para que fossem traçadas alternativas de ajuda na resolução das pendências dos estádios do Distrito Federal.

            A audiência no Palácio do Buriti está agendada para a quarta-feira, dia 25 de outubro, a partir das 18 horas. Estarão presentes os 12 presidentes de clubes do DF que disputarão o Candangão 2018, o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos. A expectativa é que a imprensa esportiva de Brasília também possa comparecer ao evento.

Presidente da Federação de Brasília vai convocar novo Arbitral: Definição da segunda vaga na Copa Verde

Sérgio Porto – DF10

     Depois da realização do segundo arbitral do Candangão 2018, ocorrido na segunda-feira (16), um movimento de alguns clubes do 43º Campeonato Brasiliense de Futebol foi levantado. Tudo porque o Brasiliense, atual campeão candango, buscou seus direitos de disputar a Copa Verde de 2018.

      O presidente do Sobradinho, Túlio Lustosa, o ex-volante Túlio Guerreiro e o presidente do Paracatu Futebol Clube, Major Elias, começaram a trabalhar para que as duas vagas da Copa Verde fosse destinada aos dois clubes (3º e 4º colocados no Candangão 2017).

      O presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos, em entrevista ao Programa Bola Na Rede, da Rádio DF10 de Brasília, explicou que:

        “Fui à CBF no Rio de Janeiro à pedido do presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, pois ele queria saber como estão as coisas na nossa federação de Brasília. Conversamos sobre o assunto. Aproveitei e fui buscar esclarecimentos sobre o regulamento da Copa Verde. Em análise com o departamento jurídico da CBF, foi constatado que o contrato com a emissora de televisão detentora dos direitos da competição, estipula que o campeão estadual é um dos donos de uma vaga. Neste caso o Brasiliense já está garantido como um dos representantes de Brasília, pois é o atual campeão do Distrito Federal”, disse Daniel Vasconcelos.

       Com relação à segunda vaga, pois Brasília tem direito as duas vagas na competição nacional, Daniel Vasconcelos explicou que: “O regulamento da competição nos deixa livre para que definamos o segundo representante. Pode ser por critério técnico, um torneio seletivo, o que for definido em reunião da Federação. Por isso estaremos convocando para a próxima semana, um arbitral com os 12 representantes de clubes do Candangão para analisarmos o que havíamos decidido no dia 16 de outubro, ou seja, que as vagas para a Copa Verde de 2019 seriam para o terceiro e quarto colocado do Candangão de 2018. Estou esperando um parecer do departamento jurídico da CBF para então conversar com os clubes do Candangão”, disse Daniel Vasconcelos.

        Sobre o Sobradinho já estar se mobilizando para ser um dos representantes de Brasília em 2018, Daniel explicou que: “Infelizmente ficamos impossibilitados de ajudar o Sobradinho neste momento. Conversei com o Túlio e ele já estava mobilizando a cidade para esta participação na Copa Verde. Lamentamos o que ocorreu”, encerrando o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos.    

REGULAMENTO DA COPA VERDE 2017

Critério 1: Ter obtido a primeira colocação no campeonato estadual de 2016 nas 11 federações estaduais participantes da competição: Federação Acreana de Futebol, Federação  Amazonense de Futebol, Federação Amapaense de Futebol, Federação Brasiliense de Futebol, Federação de Futebol do Espírito Santo, Federação Matogrossense de Futebol, Federação de Futebol do Mato Grosso do Sul, Federação Paraense de Futebol, Federação de Futebol do Estado de Rondônia, Federação Roraimense de Futebol e Federação Tocantinense de Futebol.

 

SEGUNDA VAGA: Uma vaga para a disputa da Copa poderá ser preenchida pelo vencedor de um Torneio Seletivo que seja realizado pela federação correspondente e que dele participem pelo menos quatro clubes da primeira divisão ou série de profissionais.

 

.

 

Novo técnico disse: “Já fui gandula do Gama e agora sou treinador deste grande clube”

Sérgio Porto – DF10

     A Sociedade Esportiva do Gama, um dos maiores detentores de títulos do futebol do Distrito Federal com 11 conquistas, está em busca de mais uma taça de campeão da Capital do Brasil, pois sua última conquista foi em 2015. Com isto, a busca do alviverde do Distrito Federal é voltar à série D do brasileiro e Copa do Brasil de 2019.

      O novo treinador gamense, Carlos Alberto Dias, é natural do Distrito Federal. Com 14 anos ele seguiu para o Matsubara do Paraná onde deu início à sua carreira profissional como atleta. Depois brilhou em grandes clubes brasileiros, caso de Botafogo, Vasco e Flamengo no Rio de Janeiro, Gremio Porto Alegrense, entre outros. Também atuou no futebol do exterior.

      Em entrevista à Rádio DF10 de Brasília, no Programa Bola Na Rede, o novo treinador gamense disse que: “Em primeiro lugar estou muito feliz e honrado de ter esta oportunidade de comandar o Gama. Este clube tem uma história muito rica, linda dentro do cenário nacional e futebol local. Estou bastante lisonjeado por esta oportunidade. Agradeço muita à diretoria do Gama, ao presidente Weber Magalhães e a todos do clube”, disse Carlos Alberto Dias.

       Ele contou que na sua pré-adolescência  atuou como gandula nos jogos do estádio do Cave, na cidade Satélite do Guará, no Distrito Federal: “Nos meus 10 a 11 anos em Brasília eu gandulava nos jogos do estádio do Cave e minha maior alegria é quando chegava a delegação do Gama no estádio com sua imensa torcida. Aquilo me deixava eufórico. Vibrei muito com o time gamense. Eu me dizia que teria o privilégio de jogar pelo Gama. Não tive esta oportunidade de jogar, mas vou ter o privilégio de dirigir este clube em 2018. Destaco jogadores como Zinha, zagueiro que não era muito alto com tempo de bola sensacional. O outro era um meia pra mim chamado Manoel Ferreira. Para mim ele jogava demais. Outro grande privilégio que terei é voltar para minha cidade natal e reencontrar minha família que mora no Guará II. Será sensacional tudo isso. São coisas que não tem dinheiro que pague esta oportunidade. Quero chegar e trabalhar muito pelo Gama”, disse Carlos Alberto Dias.

      O treinador e sua comissão técnica tem a previsão de chegarem à Brasília no dia 3 de novembro para iniciarem os trabalhos pela Sociedade Esportiva do Gama. A estreia do alviverde candango será fora de casa, no Serra do Lago, em Luziânia, dia 21 de janeiro frente ao Bolamense, pois o Gama cumpre punição de um mando de campo, em função dos confrontos de jogadores no clássico frente ao Brasiliense, em março de 2017 no estádio Bezerrão, no Gama.  

 

Gama/DF aposta em Carlos Alberto Dias como treinador para o Candangão 2018

Sergio Porto – DF10

     Enfim acabou o mistério sobre quem será o treinador da Sociedade Esportiva do Gama. Na terça-feira, foi anunciado o nome de Carlos Alberto Dias, ex-meio campista que passou por Botafogo/RJ, Vasco, Flamengo e Gremio.

      O novo comandante do alviverde do Distrito Federal terá a incumbência de tentar levar o time gamense até as finais do Candangão 2018 e buscar uma das vagas da série D do ano que vem, como também, a Copa do Brasil de 2019. O Gama venceu o título candango pela última vez em 2015.

     Carlos Alberto Dias é nascido em Brasília/DF e tem 50 anos. Foi um meia atacante com passagens por Botafogo/RJ, Vasco da Gama, Flamengo, Grêmio, futebol do exterior. Como treinador de futebol comandou o Castanhal e Paragominas/PA, Bacabal/MA e Frei Paulistano.

      O presidente Weber Magalhães, em entrevista à Rádio DF10 de Brasília disse que: “Estamos buscando dentro de nossas possibilidades, a montagem duma equipe competitiva e que possa nos levar a disputar títulos novamente. Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, mas o Gama é um grande clube e precisa voltar a brilhar no cenário esportivo nacional”, disse o presidente gamense Weber de Azevedo Magalhães.

       A apresentação do elenco e comissão técnica do Gama está agendada para o dia 6 de novembro. O Gama estreará fora de casa no Candangão 2018, pois terá de cumprir punição imposta pelo TJD/DF ainda em função dos conflitos do clássico frente ao Brasiliense em março de 2017, pelo Candangão.  

        Quem está de volta ao Gama/DF é o meio campista Robston, ele que começou no próprio clube e teve passagens por várias equipes brasileiras, caso do Atlético/GO, Vila Nova e Anápolis de Goiás, como também o Botafogo da Paraíba, Atlético/PR e Ceará. O jogador tem 35 anos.

O ELENCO GAMENSE PARA A APRESENTAÇÃO DIA 6 DE NOVEMBRO:

GOLEIROS: Victor Brasil, Fernando Mioli e Léo.

LATERAIS: Tadeu (base), Lucas Dias (base), Andrezinho, Rafinha e Samyr.

ZAGUEIROS:  Lúcio (base), Felipe Marcelino, Rogelio, Bronzatti e Alex.

VOLANTES: Felipe Werlei (base), Tarta (Base), PH (base) e Dadinho.

MEIAS: Fabinho (base), Wagner, Wanderson e Santos.

MEIA-ATACANTES: Robston, Gleison, Wesley Bigu, Yan Pedro e Guilherme (base), Kauê (base).

ATACANTES: Lucas Victor (base), Maycon Douglas, Jeferson Carioca, Fernandinho, Fábio Saci, Wilkison, David Denner, Lucas Carioca, Thiago Bastos e Lautaro Obregón.

  

Comissão técnica alviverde:

 TÉCNICO: Carlos Alberto Dias.

AUXILIAR-TÉCNICO: Alexandre Matos.

PREPARADOR FÍSICO: Marcos Augusto (Marcão).

TREINADOR DE GOLEIROS: Nasser Khalil

FISIOLOGISTA: Carlos Ernesto.

MASSOTERAPEUTA: Criolo.

MORDOMO: Neto.

GESTOR DE SAÚDE: Rodolfo Prado.

GERENTE DE FUTEBOL: Paulo Araújo.

DIRETOR DE FUTEBOL: Vilson de Sá

 

FONTE: www.segama.com.br

 

DIRETOR QUE ORGANIZOU O ARBITRAL DO CANDANGÃO 2018 PEDE DEMISSÃO DA FFDF

     Após 24 horas do lançamento da tabela do Candangão 2018 em um evento no Parque da Cidade de Brasília, o diretor técnico da Federação de Futebol do Distrito Federal, Marcio Coutinho pediu demissão do cargo.

      Márcio Coutinho modernizou com a impressão on line da tabela do campeonato, como também, o regulamento para todos os que participaram do Arbitral na manhã da segunda-feira. Em entrevista ao jornalista Fábio Santos, da Rádio DF10, Marcio Coutinho comunicou seu pedido de demissão do cargo na FFDF.

       O presidente da entidade, Daniel Vasconcelos, ainda nãos se pronunciou se vai ou não aceitar o pedido de demissão de seu diretor técnico de futebol Márcio Careca. Mais informações no Programa Bola Na Rede na Rádio DF10 a partir das 18 horas.

Federação de Brasília inova e sorteia posição de clubes na tabela do Candangão. E os estádios?

Sérgio Porto – DF10

      Em um evento realizado no estacionamento 6 do Parque da Cidade, no centro de Brasília, foi definido a tabela da primeira fase do Candangão 2018. A grande novidade foi o sorteio para determinar o número que cada equipe terá na tabela da competição candanga.

       Foram sorteados os clubes de melhor posicionamento na competição de 2016. O Brasiliense ficou com o número 1. O Gama foi o número 2. Coube ao Santa Maria cair no número 3. O Ceilândia foi o número 4. O Sobradinho foi o número 6 e o Paracatu caiu na bolinha de número 6.

       No outro lado do sorteio foram colocados os clubes que ficaram a partir da sétima colocação. O número 7 foi o Samambaia. Já o número 8 foi o Formosa/GO. O número 9 foi o Paranoá. Já o Luziânia ficou com a bolinha número 10. O Bolamense ficou com 11º e o Real FC na posição de número 12. Esta numeração identificará o clube até a fase final do 43º Campeonato Brasiliense de Futebol 2018.

       O Tenente Coronel Rezende, do Departamento de Operações da Polícia Militar do Distrito Federal comentou que nenhum estádio de Brasília neste momento tem qualquer laudo. Todos estão vencidos. Quem disputar qualquer partida sem os devidos laudos, sofrerá uma multa de R$ 30 mil reais.

        Neste momento, os estádios Abadião, na Ceilândia; Rorizão, em Samambaia; Bezerrão, na cidade do Gama; Mané Garrincha, no Plano Piloto de Brasília e o estádio Augustinho Lima, em Sobradinho são os que poderiam receber as primeiras vistorias dos órgãos de segurança de Brasília. Os três estádios do Entorno do DF, caso do Diogão em Formosa, Serra do Lago em Luziânia e Frei Norberto em Paracatu também estão aptos a serem vistoriados.

         Os clubes fizeram suas opções de praças esportivas para mandarem seus jogos. O Brasiliense colocou o Mané Garrincha, com segunda opção para o Abadião. O Real FC tem o estádio do Cave como primeira opção. Mas colocou o Mané Garrincha como segunda opção. O Paranoá citou o estádio JK como sua casa e tendo o Augustinho Lima como segunda opção. O Bolamense coloca o Serejão como sua primeira casa. Os demais clubes mantiveram suas praças atuais como locais de mandarem seus jogos.

        O Candangão 2018 começará dia 20 de janeiro, encerrando-se dia 7 de abril. As duas partidas finais da competição acontecerão no estádio Nacional Mané Garrincha. Não terá vantagens nestes jogos finais. A decisão do título pode ser em penalidades máximas, caso os dois clubes cheguem em igualdade de pontos e saldo de gols. O preço dos ingressos ficou o mínimo em R$ 1,00 e o máximo de R$ 50,00. O valor da taxa de arbitragem que será paga pela Federação de Futebol do Distrito Federal agora está em R$ 1.840,00.

         A primeira rodada do 43º Campeonato Brasiliense de Futebol 2018 será dia 20 de janeiro com os seguintes confrontos: Brasiliense x Real FC; Gama x Bolamense; Santa Maria x Luziânia; Ceilândia x Paranoá; Sobradinho x Formosa; Paracatú x Samambaia.

O clássico Brasiliense x Gama será na quinta rodada, no estádio Nacional Mané Garrincha.

IMPRENSA ESPORTIVA DO DF FARÁ PARTE DA COMISSÃO DE VISTORIAS DE ESTÁDIOS

      Foi convidado pelo presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos, para que um representante da imprensa esportiva de Brasília pudesse se manifestar durante o arbitral.

       Coube ao repórter e jornalista Sérgio Porto, da Rádio DF10, que fez a seguinte reivindicação: “A imprensa esportiva de Brasília não se resume somente as Organizações Globo. Também existem aqui emissoras de rádios, de televisão, de sites esportivos e jornais. Pedimos que sejamos lembrados quando da vistoria e definição de espaços nas praças esportivas do DF”, encerrou Sérgio Porto.

      Então foi definido que a Comissão de Vistorias de Estádios da FFDF terá também um representante da imprensa esportiva de Brasília, a ser indicado pela ABCD (Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos).

 

 

Seleção do Sindicato dos Árbitros do DF faz amistoso visando o brasileiro da categoria

Sérgio Porto – DF 10

     A Seleção do Sindicato dos Árbitros do Distrito Federal continua a preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro de Árbitros de 2017 que acontecerá de 8 a 10 de dezembro em Águas de Lindóia, em São Paulo.

      Para tanto, um amistoso foi disputado no feriado de 12 de outubro, diante do União Gamense. A partida terminou empatada em 1 a 1, com Rafael Diniz marcando para a seleção da SAF e Matheus Silva empatando para o União Gamense. Antes do seu inicio, o confronto teve um minuto de silêncio em homenagem póstuma à senhora Vera Inês Piacesi da Rocha, mãe do árbitro Marcelo Piacesi.

       O selecionado do Sindicato dos Árbitros comandado por Rodrigo Paulino, entrou em campo formando com:         Emanoel Ramos; Adriano Luiz, Adailton Borges, Crhistofer Souza e Ademário Neves; Matheus Moraes, Lucas Guerra, Maricleber Gois e Rafael Diniz. Daniel Henrique e Felipe Barbosa. Também participaram do confronto Gildevan Lacerda, Ciro Chaban, José Ricardo, Mizael Quintino, Paulo Lima e José Neto.

        O União Gamense formou com: Pereira; Bruno, Eduardo, Lucas e Algenor; Luiz Filipi, Mateus, Romarinho e  Filipin; Rai e e Matheus Silva. Também atuaram Wellerson e Romarinho pelo time gamense.Técnico: Ítalo Batista Teodoro.

         Salienta-se neste amistoso a presença de jogadores profissionais conhecidos do futebol do Distrito Federal, caso do goleiro Pereira, ex-Gama, Brasiliense e Samambaia, além do atacante Romarinho, destaque do Ceilândia EC e hoje contratado pelo Brasiliense.

         A seleção do Sindicato dos Árbitros do DF (SAF) é bi-campeã da categoria, sendo a atual campeã, título conquistado em 2017 no estádio Bezerrão, na cidade do Gama/DF.   

         Os profissionais do apito do Distrito Federal demonstram que sua preparação para as competições, caso do Candangão 2018,  não fica resumido em apenas apitar jogos, testes físicos  e táticos, mas também atuam dentro de campo e disputam o seu campeonato brasileiro de sua categoria.    

Clique aqui para editar.

Novo presidente da FFDF terá o desafio dos estádios para o Candangão 2018

Sérgio Porto – DF 10

     Depois da carta de renúncia do então presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Erivaldo Alves, coube ao vice-presidente da entidade, Daniel Vasconcelos assumir o cargo até 01 de outubro de 2020.

      O novo presidente, em entrevista à Rádio DF10 de Brasília disse que: “Vamos agora procurar dar continuidade aos trabalhos que estávamos realizando, visando o Candangão 2018”, disse Daniel Vasconcelos.

      Porém, um grande desafio espera pelo mandatário da FFDF. Trata-se dos estádios para a competição que se avizinha. No momento, além das praças esportivas do Entorno do Distrito Federal, caso do estádio Serra do Lago, em Luziânia; do Diogão, em Formosa/GO e o Frei Norberto, em Paracatu/MG, o Distrito Federal conta com o estádio Nacional Mané Garrincha (provável casa do Brasiliense), estádio Bezerrão (casa do Gama e do Santa Maria pelo menos), Abadião (casa do Ceilândia), estádio Rorizão (casa do Samambaia) e em fase final o Augustinho Lima, em Sobradinho (casa do Leão da Serra o Sobradinho).

       Fica a expectativa sobre os estádios do Paranoá, do Cave na cidade do Guará (local onde o Real FC pretendia atuar), Serejão em Taguatinga (Bolamense pretende mandar seus jogos). Ainda, a busca pelos laudos técnicos fornecidos pelos órgãos de segurança pública do Distrito Federal será mais uma árdua tarefa para a Federação de Futebol do Distrito Federal.

       No sábado (7), o estádio Serejão, em Taguatinga, palco de grandes jogos por séries A, B, C e D do brasileiro, ainda pelo Candangão, foi palco de uma partida do campeonato sub20 de Brasília. O Legião venceu o Atlético Ceilandense, por 2 a 1. O estado do gramado do então conhecido Boca do Jacaré, pois foi a casa do Brasiliense por 16 anos, está em situação lastimável.

        O que chamou a atenção é uma placa de uma obra de recuperação do gramado do estádio Serejão que previa uma implantação de gramado do campo de jogo do estádio em Taguatinga. O valor da obra é de R$ 438.500,00 e sua data de início estava previsto para 6 de fevereiro de 2017 e entrega da obra para 6 de abril de 2017. Nada foi executado no local. Conforme informações dos que trabalham no Serejão, a empresa ganhadora da obra desistiu de sua execução.

         O estádio do Cave, no Guará, também aguarda a conclusão das obras dos banheiros e vestiários. As instalações que serviriam de apoio para as Olimpíadas de 2016, estão com os trabalhos paralisados. Um projeto de revitalização do complexo esportivo do Guará tem seu início previsto para 2018 com conclusão estimada para 2019. O investidor Luiz Felipe Belmonte, presidente do Real FC demonstrou interesse na concessão do estádio do Cave, no Guará, conforme matéria do Jornal do Guará de 21 de setembro de 2017.  

      O novo arbitral do Candangão 2018 está agendado para o dia 16 de outubro, a partir das 10 horas na sede da FFDF.

Presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal renuncia ao cargo

Sérgio Porto – DF10

 

      Depois de se arrastar por mais de 15 dias, com idas e vindas do cargo de presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, o então presidente Erivaldo Alves, apresentou sua carta renúncia na tarde desta sexta-feira, na sede da entidade no Plano Piloto de Brasília.

      Erivaldo Alves foi eleito para o cargo de presidente da FFDF por 4 anos. Seu mandato se encerraria dia 01 de outubro de 2020. Entretanto, um grupo de dirigentes de clubes acabou promovendo uma assembleia dia 22 de setembro, onde por 14 votos destituiu Erivaldo Alves do comando da entidade. Em seu lugar, automaticamente foi empossado o vice-presidente Daniel Vasconcelos.

      Na semana seguinte, através de um documento da Justiça do Distrito Federal, Erivaldo Alves ganhou a oportunidade de exigir que fosse realizada uma nova assembleia, com prazo dentro do que determinada a lei, para que se analisasse novamente a sua situação diante da Federação de Futebol do Distrito Federal.

      Na oportunidade, em entrevista à Rádio DF10, Erivaldo Alves disse que: “Nunca roubei nada de ninguém. Tenho minha família para zelar, assim como meu nome. Quero mostrar os fatos e procurar uma saída para resolver esta situação,” disse o então presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal.

      Porém, na segunda-feira, dia 2 de outubro, uma nova assembleia foi realizada na Federação de Brasília. Desta vez, com 13 votos foi novamente afastado o então presidente da entidade, Erivaldo Alves.

     Nesta sexta-feira (6) de outubro, através de carta renúncia, Erivaldo Alves deixa o comando da FFDF. Em seu lugar assumiu o vice-presidente Daniel Vasconcelos. Em entrevista ao Programa Bola na Rede, da Rádio DF10 de Brasília, Daniel explicou que:

“É realmente o Erivaldo acabou renunciando ao cargo de presidente. Agora eu estou assumindo a entidade e vamos procurar o encaminhamento de todas as questões que acabaram culminando com a saída dele. Nós conversamos bastante e Erivaldo chegou a essa decisão. Vou trabalhar agora neste final de semana para que agendemos a nova data do Arbitral do Candangão 2018”, disse o novo presidente da FFDF, Daniel Vasconcelos.

ENTENDA O CASO DA SAÍDA DE ERIVALDO ALVES

      Um grupo de dirigentes de clubes de Brasília, filiados à Federação de Futebol do DF estava questionando a não prestação de contas de um empréstimo feito pela entidade junto à CBF. O valor girava em torno de R$ 300 mil reais. O então presidente Erivaldo Alves, teria informado que tinha havia um erro da área responsável da Federação. Que tudo seria regularizado no balanço de 2017.

       Agora fica a expectativa do destino destes valores. Erivaldo citou que parte do dinheiro foi encaminhado a um clube do DF que disputou a série D do ano passado, o Ceilândia Esporte Clube. Neimar Frota, presidente do Samambaia, um dos que encabeçou o movimento para a saída de Erivaldo, declarou em redes sociais que: “Queremos que seja devolvido este dinheiro. Nòs precisamos dele pois estamos trabalhando para o campeonato do ano que vem. Vamos buscar na Justiça esta devolução deste valores”, encerrou o presidente do Samambaia.

      O Candangão 2018 tem seu início previsto para o dia 20 de janeiro.

Mais nova diretora de futebol do Brasil diz: “Queremos Brasiliense campeão!”

Sérgio Porto – DF10

 

     O atual campeão do Distrito Federal, o Brasiliense Futebol Clube de Taguatinga, encaminha a montagem de seu elenco visando às competições que disputará em 2018. O clube que começou em Taguatinga, mas estava disputando seus jogos no estádio Abadião, na Ceilândia, pode ter casa nova no ano que vem. Deve atuar no estádio Nacional Mané Garrincha, no Plano Piloto do Distrito Federal.

      A grande novidade do comando da diretoria de futebol do Brasiliense é a jovem Luiza Estevão, 20 anos, estudante de Psicologia. Além de ser filha do ex-senador Luís Estevão, Luíza é uma apaixonada por futebol. Como seu pai está impossibilitado de comandar o clube, pois cumpre prisão na Penitenciária da Papuda, em Brasília, coube a uma dos cinco filhos de Estevão assumir uma diretoria do Brasiliense.

      Em entrevista ao Programa Bola na Rede da Rádio DF10 de Brasília, Luíza Estevão destacou que: “Eu brinco com todos que na realidade eu tenho 17 anos de convívio com o Brasiliense, pois eu acompanho meu pai desta pequena. Tenho contato direto com o gerente do clube, Paulo Henrique e também com o técnico Rafael Toledo. Estamos sempre conversando para buscar a melhor solução para resolver os problemas do clube”, disse a jovem diretora de futebol do Brasiliense.

       Sobre contratações, Luiza Estevão comentou que: “Nós estamos com 27 jogadores contratados. Muitos daqueles que estiveram conosco em 2017, irão permanecer no elenco. Souza, Reinaldo, Nunes e agora o Cicinho, são atletas que vão nos ajudar muito. A princípio, não estamos buscando mais atletas para o elenco. Nossa apresentação será dia 1º de novembro. Nosso objetivo para o ano que vem é sermos novamente campeões de Brasília e realizar uma ótima campanha na série D e Copa do Brasil. Para que isto possa acontecer, temos que trabalhar muito”, disse a diretora de futebol do Brasiliense.

 RONALDINHO GAÚCHO?

       Uma expectativa no Distrito Federal é a chegada de Ronaldinho Gaúcho, ele que pode vir para ser candidato à Deputado Federal. Perguntada sobre a possibilidade do astro mundial de futebol poder atuar pelo Brasiliense, a jovem diretoria despistou dizendo que: “Nós não temos candidatos à deputado. Não ventilamos nenhum contado com ele”, encerrou a diretora de futebol do Brasiliense.

       O Candangão 2018 tem seu início previsto para 20 de janeiro. O Brasiliense é o atual campeão. A apresentação do seu elenco está agendada para 1º de novembro.

Assembleia com 13 clubes decide afastar novamente presidente da Federação de Brasília

Sérgio Porto – DF10

 

     O presidente afastado da Federação de Futebol do Distrito Federal, Erivaldo Alves, através de uma liminar anunciou em entrevista à Rádio DF10 que estaria de volta ao comando da entidade. Que iria procurar o vice-presidente Daniel Vasconcelos para buscar uma alternativa para saída desta situação.

      Porém, nesta segunda-feira, o presidente do Capital, Adenilton Pavão, explicou que: “Seguindo o rito do que determinou o juiz que deu a documentação ao ex-presidente Erivaldo Alves, realizamos uma assembleia na manhã desta segunda-feira e com presença de 13 presidentes de clubes filiados à Federação de Brasília, decidimos o afastamento de Erivaldo Alves até que se encerrem estas investigações sobre tudo que levou sua destituição do cargo de presidente da entidade. Parece que não analisaram com profundidade o que foi definido pelo senhor juiz. Daniel Vasconcelos será o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal a partir de agora”, disse o presidente do Capital, Adenilton Pavão.

       Sobre o congresso técnico que estava agendado para a sexta-feira, dia 6 de outubro, em um hotel de Taguatinga/DF, Adenilton Pavão disse que: “Este arbitral fica suspenso até que se resolva toda esta situação que envolve o comando da Federação do DF. Quando tudo tiver resolvido, a entidade anunciará a nova data do Congresso Técnico e Arbitral do Candangão 2018”, disse o dirigente de Brasília.

        O Candangão 2018 está agendado para o dia 20 de janeiro com a participação de 12 clubes. O Brasiliense é o atual campeão do Distrito Federal.

.

Presidente da Federação de Futebol de Brasília é destituído do cargo por 14 votos

Sérgio Porto, Rádio DF10

      Mais uma vez o futebol do Distrito Federal é destaque por problemas extra-campo. Desta vez, o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Erivaldo Alves, foi destituído do cargo numa assembleia ocorrida na manhã de sexta-feira, convocada por um grupo de dirigentes de clubes que queriam a prestação de contas de um empréstimo feito junto à Confederação de Futebol do Distrito Federal, no valor de R$ 300 mil reais.

       Conforme a alegação dos dirigentes de clubes candangos encabeçados por Neimar Frota, do Samambaia e Ademilton Pavão, do Capital, o presidente Erivaldo Alves teria cometido direção temerária da entidade e praticado fraudes fiscais. Na votação dos 16 dirigentes de clubes presentes, 14 votos foram pela saída de Erivaldo Alves. Houve um voto não computado e o representante do Real FC, votou em branco.

       Neimar Frota, do Samambaia, em entrevista à Rádio DF10 de Brasília disse que: “Infelizmente o presidente não prestou contas do dinheiro recebido e tivemos que tomar esta decisão. Esperávamos que ele viesse participar da assembleia, mas ele não compareceu. Agora queremos que seja feita a devolução deste dinheiro que não foi prestado contas”, disse o dirigente do Samambaia.

       Roberto Marques, do Real FC, afirmou que: “Nós votamos em branco, pois não concordamos com a forma que foi feita esta votação. Não teve tempo hábil para esta assembleia. Tivemos que declarar nosso voto por escrito”, disse o representante do Real FC.

       Weber Magalhães, do Gama, que já foi presidente da Federação de Brasília, explicou que: “Infelizmente vivemos este momento triste do nosso futebol. Mais uma vez uma coisa negativa para todos nós. Eu cheguei a conversar com o presidente Erivaldo, inclusive lhe mostrando os caminhos que poderia seguir. Mas ele não me ouviu. O que precisamos agora é nos unirmos para resgatar o futebol de Brasília”, disse o presidente do Gama.

       Túlio Lustosa, o ex-volante Túlio Guerreiro, presidente do Sobradinho disse que: “Eu cheguei na assembleia com um pensamento. Infelizmente o presidente não veio se explicar. Então tive que mudar o meu voto, acompanhando a grande maioria”, disse o mandatário do Leão da Serra.

       Coube ao vice-presidente da entidade, Daniel Vasconcelos, assumir a presidência da Federação de Futebol do Distrito Federal. O presidente do Paranoá, Ryvo Matias disse que: “O Daniel tem bom trâmite entre os dirigentes e esperando que ele possa comandar nossa Federação da melhor forma, pois precisamos recuperar o futebol de Brasília”, disse o mandatário da Cobra Sucuri.

PRESIDENTE DEPOSTO AGUARDA LIMINAR PARA CANCELAR A ASSEMBLÉIA QUE O AFASTOU

       Em entrevista à Rádio DF10 na quinta-feira, Erivaldo Alves disse que estaria presente à assembleia desta sexta-feira. Porém, nem ele e seu vice-presidente compareceu. Conforme sua assessoria de comunicação, o dirigente afirmou que como a reunião não era legal, não tinha o porquê de se fazer presente. A assessoria jurídica do presidente destituído está em busca de uma liminar para cancelamento das decisões, pois a mesma teria sido realizada sem prazo legal de publicação de seu edital.

FOI O TERCEIRO PRESIDENTE DEPOSTO NOS ÚLTIMOS SEIS ANOS

     O histórico de saídas de presidentes da Federação de Brasília tem se repetido nos últimos seis anos. Em 2011 foi Fábio Simão que foi afastado. Assumiu a presidência da Federação de Brasília, o interventor Miguel Alfredo Jr. Em 2015, Jozafá Dantas foi destituído entrando em seu lugar, exatamente Erivaldo Alves.

      Agora caberá à Daniel Vasconcelos conduzir os destinos do futebol de Brasília até 2020.

      

Presidente da Federação de Futebol de Brasília disse: “Não vou renunciar e vou buscar cancelamento de assembleia”

Sérgio Porto – DF10

     Na manhã desta sexta-feira (22) está agendada a assembleia dos 25 clubes filiados na Federação de Futebol do Distrito Federal. A pauta é pela DESTITUIÇÃO do presidente da entidade, Erivaldo Alves, tudo em função de que não foi contabilizado um movimento de R$ 300 mil reais oriundos de um empréstimo junto à CBF.

      O presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF), Erivaldo Alves, em entrevista exclusiva à Rádio DF10 de Brasília, dentro do Programa Bola na Rede disparou que:

      “Eu não vou renunciar. Estarei na assembleia e mesmo que não tenha nenhum voto, vou lá. Estou entrando com uma liminar para cancelar esta assembleia. O edital de convocação foi divulgado somente nesta quinta-feira. Não tem tempo hábil. Vou provar que não teve nada de que se fala de fraudes ou coisas assim. Primeiro não é verdade, não tem fraude alguma. As minhas contas de 2016 foram aprovadas. Teve uma conta bancária da federação que não teria sido lançada, mas entrará neste balanço de 2017”, disse o presidente da FFDF.

       Sobre o que seus opositores estão buscando, Erivaldo disse que: “Eu acho mais coerente era que fosse pedido meu afastamento para apuração dos fatos. Então seria aberta uma auditoria dentro da Federação. Estão querendo ganhar no grito e querem me tirar à força da presidência da Federação. Não renunciarei e vou às últimas instâncias para provar minha inocência. Uma parte deste dinheiro foi direcionada ao Ceilândia Esporte Clube que disputava a série D do brasileiro”, disse o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal.

        Sobre a saída e depois retorno do diretor Antonio Teixeira, Erivaldo explicou que: “O doutor Antonio Teixeira pediu seu afastamento. Mas ontem eu entrei em contato com ele e pedi para que retornasse. Porque fizemos isso? Para que ele pudesse acompanhar, caso eu seja afastado e o doutor Antonio Teixeira vai coordenar esta transição caso aconteça. Eu nunca fui perseguidor. Este sequestro moral que estão fazendo comigo é desumano. Vocês sabem disso que recebi ameaça de morte. A Polícia e a Justiça estão cuidando disso tudo”, encerrou o presidente da entidade do futebol de Brasília.

        A Assembleia dos 25 clubes filiados à Federação de Futebol do Distrito Federal será nesta sexta-feira (22), na sede da Federação de Brasília a partir das 10 horas.

Grupo com 14 dirigentes busca a “destituição” do presidente da Federação de Futebol de Brasília

Sérgio Porto – DF10

     A situação do comando da Federação de Futebol do Distrito Federal está bastante conturbada, pois um grupo de 14 dirigentes estava reunido na tarde da quarta-feira (20), para buscarem o afastamento do presidente da entidade, Erivaldo Alves. Tudo em função da falta de lançamento de um empréstimo junto à Confederação Brasileira de Futebol, girando em torno de R$ 300 mil reais, que não teriam sido contabilizados no balanço da entidade em 2016.

      O presidente do Samambaia, Neimar Frota, falando à Rádio DF10 disparou que: “Queremos a saída do presidente Erivaldo Alves. Queremos saber o destino do dinheiro que não foi prestado conta. Esta verba tem de voltar para a Federação”, disse  o dirigente do clube candango.

       Já Ademilton Pavão, presidente do Capital Futebol Clube, falando no Programa Bola na Rede da Rádio DF10, afirmou que: “Estamos com um grupo de 14 a 15 dirigentes de clubes fechando todas as providências para a assembleia da próxima sexta-feira, a partir das 9h30 na sede da Federação. Queremos a destituição do presidente da entidade, por direção temerária da Federação. Temos que buscar a prestação de contas da entidade”, disse Ademilton Pavão.

      Dois diretores da entidade pediram suas saídas dos cargos. Foram eles: Cícero da Silva Lima, Diretor de Administração. O outro foi Antonio Teixeira, Diretor do Departamento de Normas e Planejamento Estratégico da entidade.

DANDO O TROCO?

      Em agosto de 2015, num movimento de clubes, o então presidente da entidade Jozafá Dantas acabou sendo destituído do cargo. Entrou exatamente em seu lugar, o atual presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Erivaldo Alves.

      Na próxima sexta-feira, a partir das 9h30 da manhã, na sede da Federação de Futebol do Distrito Federal, a assembleia que decidirá sobre a permanência ou não do presidente da entidade, Erivaldo Alves. O mandatário promete contra atacar e apontar para onde foram destinados os recursos que estão sendo cobrados pelo grupo de dirigentes.

.

Dois diretores deixam a Federação de Brasília e julgamento dos juniores foi adiado

Sérgio Porto – Rádio DF10

     A movimentação na Federação de Futebol do Distrito Federal continua intensa. Depois da divulgação na assembleia do dia 15 de setembro na sede da entidade, onde foi levantado que uma movimentação de R$ 300 mil reais que não tinha sido contabilizada no balanço de 2016, um grupo de dirigentes de clubes estão se movimentando para que seja determinado onde foi parar este dinheiro. Ainda, pedem o afastamento do presidente da entidade, Erivaldo Alves, até que as investigações sejam concluídas.

      O site oficial da FFDF divulgou na manhã desta terça-feira (19), as saídas dos diretores. Foram eles: Cícero da Silva Lima, Diretor de Administração. O outro foi Antonio Teixeira, Diretor do Departamento de Normas e Planejamento Estratégico da entidade. Os substitutos ainda não foram anunciados.

       Outra decisão, esta por parte do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do DF, Alberto Elthon de Gois, foi o adiamento dos julgamentos previstos para a noite da terça-feira (19). O mais aguardado era do Ceilândia Esporte Clube contra o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Erivaldo Alves, pela então suposta alteração do regulamento dos juniores, conforme a petição do Ceilândia. A data do novo julgamento não foi divulgada. 

     O mandatário da Federação de Brasília garante que apresentará as provas de que foi feito repasse de parte do dinheiro para o Ceilândia Esporte Clube. Ainda, que teria havido uma falha do departamento financeiro que não teria feito o referido lançamento, conforme declaração ao jornal da Capital.

     Já o presidente do Ceilândia, Ari de Almeida, em entrevista à Rádio DF10 na terça-feira (19) afirmou que: “Somos muito agradecidos pelo empenho da Federação de Futebol de Brasília em que nos ajudou no repasse de R$ 100 mil reais. Mas se não providenciaram os balancetes, isso não é problema do Ceilândia. Estamos aguardando agora o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do DF, pois a federação cometeu um equívoco e nos prejudicou. Agora queremos que tudo seja resolvido”, disse o presidente do Ceilândia Esporte Clube.

      Na Copa São Paulo de Juniores 2018, o Distrito Federal será representado pelo Real Futebol Clube e Cruzeiro/DF. A briga do Ceilândia seria pela vaga conquistada pelo Real FC.

Assembleia na FFDF não aprova rever balanços. Grupos de dirigentes querem a saída do presidente

Foto: Acesso barrado na Federação

     Em atendimento à convocação do presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Erivaldo Alves, foi realizada uma assembleia na manhã da sexta-feira, na sede da entidade no Setor de Autarquias Sul de Brasília. Com presença de seguranças contratados e tendo acesso somente presidentes de clubes. A imprensa não pode participar da assembleia. Quem compareceu à Federação depois de muitos anos de ausência foi Fábio Simão, ex-presidente da entidade.

      Na votação sobre se as contas de balanços de 2016 seriam reabertas, por maioria não foi aprovada esta reabertura da prestação de contas. Porém, o que dominou o debate foi a questão levantada pelo presidente do Samambaia, Neimar Frota, sobre um valor de R$ 300 mil reais pedidos por empréstimo junto à CBF, mas que não constaram na prestação de contas.

      Os ânimos ficaram bastante acalorados e acabou que tudo ficou encaminhado para uma próxima assembleia a ser marcada, com o fim de analisar estes valores citados. O presidente do Ceilândia, Ari de Almeida, acabou não comparecendo à reunião, juntamente com os presidentes de Formosa e Paracatú.

      O presidente do Sobradinho, o ex-volante Tulio Guerreiro disse que: “Esta é a pergunta sobre os R$ 300 mil. Ficamos três horas conversando, discutindo e a principal parte envolvida, o Ceilândia, o presidente Ari Almeida não compareceu por problemas particulares. A gente aguarda uma posição dele, pois existe uma denúncia do presidente da Federação e de um presidente de outro clube dizendo o destino deste dinheiro. Ficamos decepcionados e até constrangidos de dizer que fazemos parte de uma federação e não participamos de algumas decisões delas. Vamos aguardar quais as providências se as coisas vão ser resolvidos aqui entre os federados, ou no inquérito policial ou ministério público. Todos lutamos pelo futebol de Brasília”, disse o presidente do Sobradinho.

       Roberto Marques, representante do Real FC, afirmou que: “Na verdade pouco se fez nesta reunião, pois só se ouviram gritarias, acusações e não trazendo provas. Esta assembleia se tornou para mim  infrutíferas. A Federação mostrou em um computador, mostrou que fez um repasse para o Ceilandia, sendo R$ 100 mil em transferência e R$ 100 mil em espécie. O presidente da Federação disse que já fez boletim de ocorrência para levantar tudo isso. Pelo menos cinco ou seis dirigentes de clubes querem que o presidente Erivaldo Alves seja afastado. Eu acho que não chegaremos a isso. Mas pelo código civil estes presidentes tem direito de exigir uma nova assembleia para votar a saída ou não do presidente”, disse Roberto Marques.

       O presidente do Gama, Weber Magalhães foi político e disse que a reunião foi de rotina. Já o representante do Brasiliense, Eduardo Ramos, não se manifestou sobre a assembleia.

       Neimar Frota, presidente do Samambaia, falando à Rádio DF10 disparou que: “Eu acho que o presidente da Federação,  Erivaldo Alves tem de se afastar da comando da entidade. Tudo isso para que possamos continuar as investigações. Ele está parecendo o ex-presidente da República que disse que não recebeu apartamento, não sabe de nada, não viu nada. Caso o presidente Erivaldo não pegou recibo do dinheiro que passou para o clube, isso é problema dele. Temos aí um fato de sumiu R$ 375 mil reais. É muito dinheiro. Vamos chamar uma nova assembleia e vamos rever as contas. Para mim até a Receita Federal foi burlada. Não foi pago os impostos dos R$ 375 mil reais. Eu como presidente do Samambaia vou buscar na justiça a intervenção na Federação de Brasília,” disse Neimar Frota do Samambaia.

       O presidente da Federação, Erivaldo Alves e o vice-presidente, Daniel Vasconcelos, não quiseram se manifestar. Coube ao diretor de futebol da entidade, Márcio Coutinho, falar sobre a posição da entidade. Márcio Coutinho foi perguntado se haverá intervenção na Federação. Ele afirmou que: “Não, a princípio nada disso foi falado, teve a assembleia para ver a votação sobre se seria refeita a prestação de contas de 2016. Foi rejeitada esta proposta. Aí então se encerrou esta parte. Na próxima semana deve ser marcada uma nova assembleia para se ver o que se faz sobre o que se comentou sobre este dinheiro que teria sido repassado ao Ceilândia. Temos de aguardar para conversar com o Ari Almeida, presidente do Ceilândia que não compareceu hoje, para que ele nos esclareça esta situação. O Ari e o Erivaldo tem que conversar entre os dois, pois tem bastante documentos sobre este assunto. Vamos remarcar uma nova assembleia para resolver este assunto. Eu não vim aqui para passar por isso tudo. Temos que resolver isso e depois pensar no Candangão”, disse o representante da Federação de Brasília, Márcio Coutinho.

       O próximo encontro do Arbitral do Candangão está marcado para o dia 6 de outubro. A competição de 2018 começa dia 20 de janeiro  com 12 participantes.

 

Brasiliense traz lateral campeão mundial visando 2018

Sérgio Porto – DF10

     Uma notícia bombástica sacudiu o futebol do Distrito Federal nesta terça-feira. Depois de notícias ruins, enfim uma grande novidade foi anunciada no futebol candango.

      A diretoria do Brasiliense, através do diretor Paulo Henrique Lorenzo, em entrevista à Rádio DF10 de Brasília, confirmou a contratação do lateral direito Cicinho, 37 anos, ele que se destacou no São Paulo FC, passou pelo Real Madrid, da Espanha e foi campeão mundial pela seleção brasileira em 2002, é jogador do Brasiliense para 2018.

      O atleta esteve no final de semana em Brasília e fez os exames médicos e conheceu a estrutura do Brasiliense. O atleta retornará ao DF para a apresentação do elenco do jacaré brasiliense dia 1º de novembro, visando Candangão, série D e Copa do Brasil ou Copa Verde. O Brasiliense também confirmou a contratação do goleiro Bruno Fuso, 29 anos, com passagens por Atlético Mineiro, Ponte Preta e que estava no Treze da Paraíba.

      Paulo Henrique Lorenzo, falando à Rádio DF 10 confirmou que: “O Cicinho estava atuando no futebol turco, quando então teve uma lesão. Está totalmente recuperado e chega para nos ajudar neste 2018. Queremos balançar o futebol de Brasília. Levar público aos estádios e fazer uma grande campanha”, disse o dirigente do Brasiliense.

        A outra boa notícia para o torcedor do jacaré brasiliense é que o local dos jogos do clube para 2018 deverão acontecer no estádio Nacional Mané Garrincha. O pedido já foi protocolado no Governo do Distrito Federal.

        

.

 

Reportagem tem acesso a áudio do treinador Ney da Matta, demitido do CSA após briga com o meia Rosinei

Pedro Breganholi, Rádio DF10

 

      Após se envolver em briga com o experiente meia Rosinei, o técnico Ney da Matta acabou demitido do comando técnico do CSA de Alagoas. Ney teria ficado irritado com uma atitude de Rosinei, ex-Corinthians, que estaria xingando um de seus colegas durante o treinamento da quinta-feira. O treinador se aproximou para acalmar a situação e foi surpreendido quando o meia partiu para cima dele. Segundo relatos, os dois chegaram às vias de fato, antes de serem separados pela turma do deixa disso.

        Nossa reportagem teve acesso a dois áudios exclusivos, via aplicativo whatsapp. O primeiro deles é de um diretor do CSA, dizendo que Ney não tinha mais clima no clube. Ele chegou a alegar que o treinador já vinha tendo dificuldades de relacionamento com o grupo e que, após a agressão, os demais jogadores insatisfeitos também o agrediram, deixando assim a situação insustentável. Veja abaixo as palavras do diretor:

         "A gente vinha tendo todo o cuidado para que não acontecesse o pior, mas o Ney tinha uma dificuldade muito grande de relacionamento com o grupo. Ele agrediu um jogador e os outros, que já estavam com raiva dele, agrediram ele. Não tínhamos outra opção a não ser demitir toda a comissão técnica. Se eu demitisse todos os jogadores, a gente não ficaria em uma boa situação."

         No segundo áudio que tivemos acesso, o treinador demitido dá sua versão dos fatos: "Estávamos em uma boa campanha, mas já vínhamos num desgaste grande com alguns jogadores de idade, caso do Rosinei, do Dick, do Leandro, do Michel... Jogador de 33, 34 anos, num futebol tão rápido, com muita força. Os caras não estavam aceitando essa situação, só que quando nós trocamos, o time engrenou e hoje, infelizmente no coletivo, o Rosinei começou a discutir com um zagueiro nosso, chamá-lo de vagabundo, safado, e eu fui tirar ele do treino. Quando eu fui tirar ele do treino, ele me chamou de vagabundo, safado, sem vergonha, partiu para cima de mim para me agredir e eu me defendi dele. Depois do treino, fui falar com a diretoria que eu só continuaria se tirassem o Rosinei e outros três jogadores. Eles acharam melhor não tirar o jogador e acharam melhor trocar a comissão técnica,” disse o ex-treinador do CSA, Ney da Matta.

         O profissional deixou o CSA a uma rodada do final da primeira fase da Série C. O time é vice-líder do Grupo A e já está classificado para a segunda fase do torneio, a poucos passos de conseguir o acesso á Serie B. 

Candangão volta a ter vantagem pela melhor campanha. Federação busca patrocínios

Sérgio Porto – Rádio DF10

     Na manhã desta segunda-feira (4), na sede da Federação de Futebol do Distrito Federal foi realizado o Arbitral do Candangão 2018. Contando com a presença de representantes de todos os 12 clubes que disputarão a competição do ano que vem, a reunião foi comandada pelo presidente em exercício da entidade, Daniel Vasconcelos, pois o titular está em gozo de férias. A competição começa dia 20 de janeiro de 2018.

A FÓRMULA DA COMPETIÇÃO

      O diretor técnico e de futebol da Federação, Márcio Coutinho, disse entrevista à Rádio DF10 que: “Tivemos uma reunião muito boa. Todos saíram daqui satisfeitos. A competição começa dia 20 de janeiro e teremos uma fórmula de campeonato bem interessante. A primeira fase terá todos jogando contra todos. A segunda fase terá os oito melhores classificados, sendo que os quatro primeiros tem a vantagem de jogar em casa, também de jogar por dois resultados iguais a seu favor. Na semifinal, os dois melhores classificados terão vantagens novamente, caso tenham conseguido na primeira fase. Já as finais serão em dois jogos, ambos no estádio Nacional Mané Garrincha. Nestes dois confrontos ninguém terá vantagens. Se houver empate nas duas partidas, a decisão será em penalidades máximas direto”, disse o Márcio  Coutinho.

      Sobre as vagas para Copa do Brasil e Copa Verde, uma proposta do presidente do Real Futebol Clube, Luiz Henrique Belmonte, será analisada na próxima reunião, dia 6 de outubro. Entre os quatro primeiros lugares do Candangão 2018, os dois primeiros terão o direito a escolher sobre se disputarão Copa do Brasil ou Copa Verde. Conforme explicou Luiz Henrique Belmonte, os clubes não podem disputar as duas competições juntas. O assunto será votado na próxima reunião que dará continuidade ao arbitral, dia 6 de outubro de 2017. Outro assunto importante é que os clubes agora serão colocados através de sorteios, sendo conhecidos por letras que os identificarão até as finais do campeonato.

PATROCÍNIOS PARA O CANDANGÃO

      Márcio Coutinho explicou que: “Hoje tivemos na reunião uma boa notícia sobre a Caixa Econômica Federal. Também recebemos a informação sobre a possível veiculação pela emissora detentora dos direitos de transmissão, de pelo menos um jogo de cada rodada na plataforma da web. Isso poderá possibilitar que busquemos nos empresários locais, um apoio para a nossa competição e aos clubes”, disse o diretor da Federação.

ESTÁDIOS

     Márcio Coutinho explicou que: “Isto é outra preocupação nossa. Estamos procurando o comando da Polícia Militar do DF para que a gente faça o convite a eles para que nos acompanhe nas vistorias dos estádios. Com isso, vamos procurar adequá-los o mais rápido possível para a competição”, afirmou o diretor técnico da Federação de Brasília. Na prática, hoje os estádios que poderiam sediar o Candangão seriam: Abadião, Augustinho Lima, Bezerrão, Rorizão e Mané Garrincha. O estádio Serejão depende de um acordo com os órgãos de segurança de Brasília para que seja utilizado somente a faixa central do mesmo.

CONTRATO COM A EMISSORA DE TELEVISÃO

 O diretor técnico da Federação explicou que: “O contrato continua com a emissora de televisão. As duas partidas finais continuarão a ser transmitidas pelo canal de televisão que detém os direitos. Uma possibilidade de que um jogo por rodada seja transmitido pela internet pela emissora, está sendo tratado. Mas nós queremos é que isso seja estendido à outros órgãos de comunicação”, encerrou Márcio Coutinho, diretor da Federação de Futebol do Distrito Federal.

     Já o presidente em exercício da Federação de Brasília, Daniel Vasconcelos disse que: “Gostei muito da reunião. Graças à Deus foi um encontro tranquilo, sendo debatido tudo aquilo que precisávamos discutir neste arbitral. Sobre patrocínios para a competição, já temos algumas coisas em andamento. Eu, juntamente com o presidente Erivaldo Alves, vamos tratar deste assunto. Temos alguma coisa em andamento com os Correios, isto vindo pela CBF, e buscando outras alternativas de patrocínio. O motivo de anteciparmos o Arbitral, foi exatamente para termos tempo para buscarmos organizar o campeonato da melhor forma possível”, disse o presidente em exercício da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos.

      O presidente do Gama, Weber Magalhães, disse que: “O arbitral foi tranquilo, sereno e bastante conversado. Foi bastante proveitoso. O regulamento ficou muito bom e será de fácil entendimento para todos. Ficou muito bom,” disse o mandatário do Gama.

       Paulo Henrique Lorenzo, do Brasiliense, comentou que: “Acho que agora o regulamento ficou mais justo porque os quatro primeiros colocados terão realmente vantagens. Aqueles clubes que começam os trabalhos mais cedo, vou investir e com o regulamento anterior, ficava muito mais fácil para as outras equipes pois não se tinha vantagem nenhuma”, disse o dirigente do Brasiliense.

       Túlio Lustosa, do Sobradinho, comentou que: “Gostei da reunião. Foi bastante produtivo e já adiantamos bastante e vamos bater o martelo dia 6 de outubro. Agora podemos nos programar e queremos nos apresentar na segunda quinzena de novembro. Augusto César é que queremos que seja nosso treinador”, disse o ex-volante de Botafogo e Grêmio.

        Neimar Frota, do Samambaia, disse que: “O arbitral foi muito bom. Creio que teremos um grande campeonato. Sobre os estádios, estou cuidando do nosso, o Rorizão. Os outros que corram atrás. Sobre a equipe queremos nos apresentar dia 15 de dezembro. Vamos trabalhar com jogadores jovens de Brasília. Vamos conversar para contarmos com Ricardo Antonio e manter uma base de 8 a 9 jogadores que estiveram conosco na Segunda Divisão”, disse Neimar Frota.

       Ari Almeida, do Ceilândia, comentou sobre o Arbitral dizendo que: “A reunião ocorreu de uma forma tranquila. O Ceilândia tinha outra proposta para começarmos mais cedo, mas respeitamos o que foi decidido. A apresentação do elenco deve ser dia 15 de dezembro”, disse o mandatário do Ceilândia.

      O Candangão 2018 terá início dia 20 de janeiro contando com 12 agremiações. O campeão é o vice-campeão terão vagas para a série D de 2019. As vagas para a Copa do Brasil e Copa Verde será discutido dia 6 de outubro, na segunda reunião do Candangão 2018. 

Presidente do Ceilândia dispara: “Vou entrar com documento para suspender o Arbitral do Candangão”.

Sérgio Porto – Rádio DF10

     Na edição desta quinta-feira (31) do Programa Bola Na Rede da Rádio DF10 de Brasília, o presidente do Ceilândia Esporte Clube, Ari de Almeida disse:

      “Vou entrar com um documento para que o Arbitral programado para esta segunda-feira (4 de setembro) seja suspenso. O motivo da solicitação é que não sabemos por exemplo, qual o calendário da CBF para 2018? Quais estádios estarão à  disposição dos clubes para o campeonato do ano que vem? Ainda, temos representantes de Brasília em competições nacionais. Precisamos ter um referencial de datas para programarmos nosso campeonato”, disse o presidente do Ceilândia, Adelson de Almeida.

      Quanto à fórmula de disputa da competição, Ari de Almeida destacou que: “Precisamos saber o calendário do ano que vem. Aí então vamos pensar na forma de disputa. Temos que saber com que recursos a Federação vai contar. Estou conversando com outros presidentes de clubes de Brasília para que não tenhamos este arbitral tão cedo. Caso não saia vencedor neste pedido, então estarei lá para acompanhar a reunião e ver qual caminho vamos tomar”, disse o mandatário do Ceilândia.

       Com relação à preparação da equipe para as competições de 2018, Ari de Almeida afirmou que: “Vamos começar nosso planejamento a partir deste mês de setembro. Estamos terminando de concluir nossos compromissos desta temporada de 2017. Só tenho uma certeza aqui no Ceilândia: eu continuo como presidente e o Almir Almeida como vice-presidente. No demais, não temos definição nenhuma sobre elenco, comissão técnica. Temos alguns atletas em vista, mas não vamos divulgar nada agora, pois muitos estão em atividade”, falou Ari de Almeida.

         Sopre a disputa das finais do Campeonato de Juniores deste ano, Ari de Almeida afirmou que está esperando o pronunciamento do presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do DF sobre a solicitação de análise do Ceilândia, pois houve segundo ele, alteração no regulamento da competição.

         As duas partidas finais do Campeonato de Juniores do DF de 2017 estão agendadas para os dias 2 e 9 de setembro, envolvendo Real FC x Cruzeiro/DF. O Ceilândia reivindica a vaga do Real FC.

     

Ronaldinho Gaúcho pode desembarcar em Brasília: “Não como jogador, mas como político”.

Sérgio Porto – DF 10

Fonte: Correioweb

 

     O Distrito Federal tem se caracterizado por receber grandes jogadores de futebol que já estão em final de carreira, ou então, que estão já pensando em encerrar suas participações como atletas. Exemplos disso foram Vampeta, Marcelinho Carioca, Oséas, Junior Baiano, Iranildo, entre outros.

      Mas a notícia que caiu como uma bomba nesta segunda-feira em Brasília está relacionada com Ronaldinho Gaúcho com 37 anos. O jogador que começou no Grêmio/RS, passou por Flamengo, Atlético Mineiro e outros clubes pelo mundo, pode chegar à Capital do Brasil, mas não para jogar bola por Brasiliense, Gama, Ceilândia ou outro clube candango.

       Conforme o jornalista Marcos Paulo Lima, do jornal Correio Braziliense, Ronaldinho Gaúcho pode se candidatar à Deputado Federal ou Senador da República pelo Distrito Federal. O partido em que Ronaldinho poderia se filiar é o PODE-DF (Podemos), antigo PTN que tem o ex-atacante Romario como Senador e deve receber também o ex-jogador Marcelinho Carioca como filiado.

       O Senador Romário, falando ao Correio Braziliense destacou que: “Eu acredito que há um vácuo político em Brasília e o Ronaldo é uma figura carismática, tem uma imagem mundial, conhecida internacionalmente, eu considero um projeto interessante para o partido e para ele”. Com relação a Ronaldinho não se lançar candidato pelo Rio Grande do Sul, a explicação de Romário é que o jogador não quis retornar para o Grêmio onde saiu desgastado com o torcedor, tendo ido parar no Flamengo.

        Ronaldinho Gaúcho está em turnê pelo mundo e deve retornar ao Brasil dia 30 de agosto. Então, já no Brasil o jogador vai tratar deste assunto de política. O atleta que foi campeão do Mundo pelo Brasil em 2002 e duas vezes melhor jogador do mundo em 2004 e 2005, não atua profissionalmente desde 2015.

 

.